Home / Mundo / Brasil / Cidades / Trânsito na Alameda do Almeida é liberado

Trânsito na Alameda do Almeida é liberado

Com as obras de modernização do sistema de drenagem do setor Jardim Luz e do reparo da erosão em fase final, a Secretaria de Infraestrutura liberou na manhã desta quarta-feira (20) o trânsito na Alameda do Almeida. “Conseguimos concluir esta obra em tempo recorde. Devido à gravidade do caso, que envolvia risco aos moradores, o prefeito Gustavo Mendanha tomou a acertada decisão de ordenar o início das obras ainda antes da liberação dos recursos garantidos pelo Governo Federal. Desta forma, em apenas quatro meses, dois antes do previsto inicialmente, o trânsito da avenida está sendo liberado. E o que é melhor, com a certeza de que o problema nunca mais irá se repetir no local” – explicou o prefeito em exercício, Veter Martins.

A Alameda do Almeida é uma via estratégica na Mobilidade Urbana entre Aparecida e Goiânia e esteve bloqueada por meses em decorrência do problema da erosão. O trecho prejudicado foi totalmente recuperado e a obra, que envolve todo o bairro, deverá ser finalizada em uma semana. O secretário de Infraestrutura, Mário Vilela, garante que a população pode ficar tranquila pois se trata de um projeto bastante sólido. “Além do trabalho de aterramento e de compactação do solo na região erosiva e da nova pavimentação, fizemos todo um trabalho de modernização e de ampliação do sistema de captação e de drenagem de águas pluviais do bairro, desde a parte baixa, perto do córrego, até as imediações do Buriti Shopping” – pontua.

Veter Martins aproveitou para realizar breve prestação de contas à população sobre a obra. “Tivemos uma ótima conversa na tarde desta terça-feira em Brasília com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, inclusive com a presença do ex-prefeito Maguito Vilela e do deputado federal Daniel Vilela, onde tivemos a promessa de que os recursos para esta obra e também para a obra de recuperação da erosão do Jardim Mont Serrat serão transferidos na próxima semana. Ao todo serão R$ 12 milhões. Além disso, seguiremos firmes para que o restante dos recursos prometidos seja transferido o quanto antes. Assim que este repasse aconteça, iniciaremos as obras dos demais pontos erosivos”.

Segundo o superintendente de Engenharia do município, Roberto Lemos, responsável por fiscalizar a obra, agora resta apenas a implantação das bocas de lobo e a finalização do sistema de dissipação das águas no leito do Córrego do Almeida, que deverão ser implantados em poucos dias. Ele explica que foi construído um novo bueiro celular para correta destinação das águas pluviais no córrego, que aguarda apenas o término da implantação das bocas de lobo para entrar em funcionamento. “A construtora que realizou a obra também fará todo uma trabalho de paisagismo e de recomposição da mata ciliar na região onde havia se formada a erosão” – explica o superintendente.

Histórico

Com o agravamento do problema da erosão em decorrência da defasagem do sistema de drenagem da região, o Prefeito Gustavo Mendanha e os secretários Mário Vilela (Infraestrutura) e Valéria Pettersen (Projetos e Captação de Recursos), já no início de fevereiro, se mobilizaram para incluir a área do Jardim Luz e outros cinco grandes pontos erosivos no Plano Emergencial da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil – órgão do Ministério da Integração Nacional. Desta forma os recursos seriam garantidos pelo Governo Federal de forma mais ágil. No dia 09 de março foi publicada portaria no Diário Oficial da União (DOU) reconhecendo como sendo Situação de Emergência os cinco pontos, abrindo portas para a destinação de R$ 30 milhões e solucionar definitivamente o problema nos locais.

No dia 03 de maio deste ano foi divulgado um laudo, produzido por vistoria técnica do ministério, atestando a periculosidade do local. O documento fazia parte das exigências para a transferência dos recursos pelo Governo Federal. Em decorrência da demora no repasse dos recursos pelo Governo Federal, o prefeito Gustavo Mendanha anunciou no dia 25 de maio, durante coletiva de imprensa, decisão de iniciar as obras no local independente da data da transferência e liberação da quantia e as obras foram iniciadas na mesma data. Em 02 de agosto, dois meses o início dos trabalhos, a primeira etapa foi concluída e é anunciada a promessa de liberação do trânsito da Alameda do Almeida para os próximos dias. A obra completa deverá ser concluída até o final de setembro, dois meses portanto antes do prazo final, que era de seis meses.

Fonte: Frederico Noleto

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: