Home / Mundo / Brasil / Cidades / Teste do pezinho detecta vários tipos de doenças raras
Foto: Enio Medeiros

Teste do pezinho detecta vários tipos de doenças raras

Em Aparecida, são realizados mensalmente aproximadamente 450 exames gratuitos nas UBS’s, Cais e no Centro Ambulatorial de Atendimento

O Teste do Pezinho é gratuito e obrigatório em todo território nacional. O exame diagnostica precocemente o risco de desenvolvimento de seis doenças metabólicas, genéticas e infecciosas, em recém-nascidos com até 29 dias. O procedimento consiste na coleta de algumas gotinhas de sangue retiradas do calcanhar do bebê, região rica em vasos sanguíneos e menos dolorosa, para análise. Em Aparecida, são realizados aproximadamente 450 testes mensalmente.

Para realização do exame, basta apresentar a certidão de nascimento da criança, caderneta de vacinação e comprovante de endereço. O procedimento dura apenas alguns minutos e, em Aparecida, é realizado em 36 Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e nos Cais Nova Era, Colina Azul, Centro de Saúde Papillon Park e no Centro Ambulatorial de Atendimento.

Todas as crianças recém-nascidas devem realizar o Teste do Pezinho após 48h do nascimento e até o 29º dia de vida. Deve se esperar esse prazo porque algumas doenças podem não ser detectadas nas primeiras horas de vida do bebê. “Do terceiro ao décimo dia é o melhor prazo para realização do teste, mas ele pode ser feito até o 29º dia de nascimento da criança. O resultado fica pronto em um prazo de 15 a 30 dias. Caso seja identificada alguma patologia, entraremos em contato com os pais e encaminharemos o bebê para o tratamento”, destaca a técnica de enfermagem responsável pelo procedimento na Maternidade Marlene Teixeira, Cirlene Garcia.

Segundo o secretário de saúde de Aparecida, Alessandro Magalhães, por reconhecer precocemente o risco de doenças, o exame realizado nos recém-nascidos é fundamental para melhorar a qualidade de vida e o desenvolvimento neuropsicomotor de diversas crianças. “Muitas vezes o bebê não apresenta sintomas perceptíveis. O teste do pezinho permite que, caso necessário, seja realizada uma intervenção médica com urgência na saúde da criança”, destacou.

O Teste do Pezinho, que é feito apenas uma vez, não possui contraindicações e não necessita de pedido médico. O exame detecta as seguintes doenças:

Fenilcetonúria – causada pela ausência ou diminuição da atividade de uma enzima que quebra a fenilalanina em tirosina, o que pode levar a um quadro clínico de deficiência intelectual;

Hipotireodismo congênito: decorrente da falta ou produção insuficiente de hormônios da tireoide que são essenciais para o desenvolvimento neurológico;

Deficiência de biotinidase: impede que a vitamina biotina, presente nos alimentos, seja aproveitada pelo organismo, o que interfere no desenvolvimento intelectual da criança;

Fibrose cística: doença crônica que atinge os pulmões, pâncreas e o sistema digestivo e causa secreções pulmonares e má absorção intestinal;

Anemia falciforme: causada por uma alteração na estrutura da molécula de hemoglobina e compromete o transporte de oxigênio, provocando graves prejuízos a diferentes tecidos e órgãos;

Hiperplasia adrenal congênita: afeta o funcionamento das glândulas adrenais e pode influenciar no desenvolvimento sexual de meninos e meninas e na perda de sal.

Fonte: Rodrigo Augusto
Foto: Enio Medeiros

Deixe sua opinião

x

Veja também

Prefeitura de Aparecida estimula empreendedorismo por meio de parcerias

Com foco de manter-se no topo das cidades que mais geram empregos no Brasil, a ...

%d blogueiros gostam disto: