Home / Mundo / Brasil / Cidades / Saúde transfere sede da Central de Regulação para o Paço Municipal

Saúde transfere sede da Central de Regulação para o Paço Municipal

Mudança não trará impactos à população, já que a maioria dos exames são agendados nas unidades de Saúde e a procura no local é baixa.  Serviços que eram disponibilizados no antigo prédio do SAMU, no Jardim Goiás, passarão a ser realizados na sede da Prefeitura de Goiânia a partir de, 08 de agosto

A sede da Central de Regulação de Vagas de Goiânia será direcionada para o Paço Municipal a partir de amanhã, 08. Além do trabalho da parte administrativa, o atendimento ao público dos serviços de média e alta complexidade, que é baixíssimo, também será realizado no novo espaço. O local, que antes funcionava no antigo prédio do SAMU, localizado no Jardim Goiás, passa a funcionar no prédio da Prefeitura, no Park Lozandes, no térreo do bloco D, da Secretaria Municipal de Saúde da Capital (SMS).

Além de melhores condições de estrutura física para usuários e servidores, a mudança também gera economicidade aos cofres públicos, já que o antigo prédio da Regulação era alugado. Os novos guichês estão localizados próximos aos setores que atendem o público que procura os serviços de Saúde no Paço, ao lado do Protocolo da Saúde e da gerência de Bens Não Padronizados.

A necessidade de atendimento presencial é muito baixa, já que foram implantados fluxos que permitiram diminuir a peregrinação dos pacientes entre as unidades de Saúde.  ‘Atualmente quem trás os pedidos e documentos de alta complexidade dos pacientes são os sete Distritos Sanitários e os representantes dos grandes hospitais, como HGG e CRER, por exemplo, e de outros municípios’, explica a diretora de Regulação, Avaliação e Controle da SMS, Márcia Ribeiro.

Na alta complexidade, após a entrega da solicitação, os documentos são avaliados e o parecer com a autorização é entregue aos responsáveis. Cabe a esses notificarem os usuários, evitando que eles se desloquem até a Regulação. A procura no setor de baixa complexidade, que trata de consultas especializadas e cirurgias eletivas, também é baixa. ‘Mesmo assim recebemos alguns pacientes que precisam de alguma informação ou possuem dúvidas sobre os encaminhamentos. Por isso estamos prontos para atendê-los e orientá-los’, observa a diretora da Regulação.

Mudanças
Desde o fim do ano passado, a atual gestão da SMS trabalha para otimizar os fluxos de atendimento da Central de Regulação de Vagas. Com a implantação do novo sistema de agendamento foi possível eliminar o antigo modelo de ‘chequinho’ e marcar exames e procedimentos de baixa e média complexidade diretamente nas unidades de Saúde espalhadas por todas as regiões de Goiânia. Tal medida reduziu a peregrinação dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) até a sede da Regulação.

As gerências de Auditoria e Vistoria e de Internação Hospitalar e a mesa reguladora de internações de urgência, que funciona 24 horas por dia, já funcionavam na sede administrativa da Prefeitura de Goiânia desde o fim do ano de 2017. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que funcionava ao lado da Central de Regulação também foi transferido para outro prédio, localizado no setor Leste Vila Nova.

Pedro Ferreira, da editoria de Saúde

 

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: