Home / Mundo / Brasil / Cidades / Saúde de Aparecida reforça a conscientização sobre as hepatites virais
Foto. Divulgação

Saúde de Aparecida reforça a conscientização sobre as hepatites virais

O 28 de julho foi instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, doenças inflamatórias do fígado que nem sempre apresentam sintomas e que representam um grave problema de Saúde Pública. Em Aparecida, a secretaria de Saúde (SMS) vai realizar, nesta quarta-feira, 17 de julho, e no próximo dia 26, ações para aprimorar o atendimento e a conscientização quanto ao tema para profissionais e pacientes da rede.

Na quarta-feira, cerca de 150 profissionais da SMS, dentre médicos, farmacêuticos e enfermeiros, serão treinados em diagnóstico e outros aspectos da atenção às hepatites B e C das 14h30 às 17h no Auditório do Arroz Cristal, na BR 153 (Jardim Cristal), com palestras e uma mesa redonda. Segundo a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Luzia dos Santos Oliveira, as atividades vão atualizar os profissionais que atuam nas UBS, nas urgências e nos ambulatórios quanto ao fluxo de atendimento e a importância da realização do teste rápido e da solicitação de sorologias para as Hepatites B e C. “Também serão apresentados os dados de atendimentos do Serviço de Assistência Especializado (SAE)”, destaca Luzia.

No dia 26 de julho, para enaltecer os pacientes que obtiveram a cura, além de incentivar e estimular aqueles que ainda não iniciaram o tratamento medicamentoso ou ainda não o finalizaram, será realizado um café da manhã, às 9h30, para os 120 pacientes atendidos no SAE que alcançaram a cura para a Hepatite C.O encontro será na sede do Serviço, na Avenida das Nações, quadra 7, lote 12, no Bairro Vera Cruz.

O secretário de Saúde, Alessandro Magalhães, ressalta que, quando apresentam sintomas, as hepatites mais comuns (causadas pelos vírus A, B e C) causam olhos e pele amarelados, cansaço, febre, mal-estar, tontura, vômitos, dor abdominal, urina escura e fezes claras. Ele ainda destaca que as principais medidas de controle dessas doenças virais e de transmissão sanguínea e sexual são a adoção de medidas preventivas como o uso do preservativos nas relações sexuais e o não compartilhamento de objetos contaminados como seringas e lâminas.

O SAE

O Serviço de Assistência Especializada (SAE) é a unidade da SMS destinada ao tratamento e dispensação de medicamentos das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Para acessar as consultas com infectologista, hepatologista, psicólogos e enfermeiros oferecidas no local, os pacientes devem ser notificados por alguma unidade de Saúde e encaminhados ao Programa de Atenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis da Vigilância Epidemiológica. No Serviço também são realizados testes rápidos para identificação de pessoas com HIV, Sífilis e Hepatites B e C, dentre outros atendimentos.

Confira as palestras e eventos desta quarta-feira, 17:

14h: Abertura 
14h10: “Epidemiologia e diagnóstico das Hepatites Virais” com a dra. Patrícia Borges (Hepatologista do Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST)/AIDS e Hepatites Virais da SMS;
15h: “Tratamento das Hepatites Virais” com dr. Rodrigo Sebba (Hepatologista do HDT/Goiânia);
15h50: “Fluxo de Atendimento em Aparecida de Goiânia” com a enfermeira Ana Paula Vieira de Deus (Coordenadora do Programa IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais).
16h30: Mesa Redonda
16h45: Coffee-break
17h: Encerramento

Fonte. Polliana Martins

Deixe sua opinião

x

Veja também

Vereadores de Aparecida aprovam jornada de 30 horas para servidores da saúde e financiamento para a nova sede da câmara

Na manhã desta terça-feira, 22, a Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia realizou sessão extraordinária, ...

%d blogueiros gostam disto: