Home / Economia / Região da 44 ganha seu maior shopping às vésperas do Natal
default

Região da 44 ganha seu maior shopping às vésperas do Natal

Com investimento de R$ 120 milhões e sete mil empregos diretos e indiretos, Shopping Gallo abre suas portas com mais de 60% das lojas prontas e muitas histórias de mudança de vida

Ludimila Vaz, 37 anos, tem uma história como de tantas outras mulheres. Depois de dar à luz, na volta ao trabalho após a licença maternidade, onde atuava como coordenadora comercial há 15 anos, foi demitida. Perdida, se uniu à irmã e trabalhou informalmente com venda de sapatos. Até que uma amiga fez uma encomenda de sapatilhas. Quando ela levou o produto, várias outras colegas da empresa se interessaram e fizeram seus pedidos. E ela começou a vender de porta em porta, como sacoleira. Ludimila começou a crescer usando as redes sociais para divulgar seus produtos e hoje, após exatos três anos, ela é dona do seu primeiro negócio formal, uma loja no Shopping Gallo, com sua marca própria de calçados e bolsas femininas. “Pesquisei vários lugares, mas eu já conhecia a região e o fluxo de negócios. Vejo aqui um local próspero para crescer.” Ludimila já tem planos de expansão. Com as vendas de final de ano, ela espera agregar em 70% as vendas da sua loja.

Com 97% do empreendimento comercializado, mais da metade dos lojistas conseguiram finalizar suas lojas e também abriram as portas. A expectativa é grande para as vendas de final de ano.  “Em função do pequeno atraso no cronograma de alguns empresários, o Shopping Gallo abre oficialmente as portas com 60% das lojas prontas e marcas de atacarejo reconhecidas no mercado. No entanto, até o final deste ano vamos chegar a 90% dos estabelecimentos abertos para oferecer ao público calçados, roupas e acessórios já para o Natal”, reforça Célio Abba, superintendente do Shopping Gallo, que também tem grande expectativa para o fluxo de pessoas no centro de compras.

Tanto lojistas como a administração do shopping esperam que o fluxo médio no Gallo gire em torno de 10 mil pessoas diariamente a partir de hoje, 6. Mayara Ferreira da Silva, 27 anos, empresária, dona da loja Lotu’s, de moda feminina, abriu as portas ontem e já vendeu muito bem. “Estimo ter um crescimento de até 80% até o final do ano em vendas. Aposto na chegada das caravanas que vem do interior e de outros estados”, analisa Mayara.

O novo centro de compras tem 4.760m2, tem 26 metros de altura, o mais alto da região da 44, comporta mais de 500 lojas e gerará dois mil empregos diretos e cinco mil indiretos em Goiânia. Com investimento de R$ 120 milhões, o mall prevê faturamento médio mensal de R$ 10 milhões e dá novo fôlego à região da 44.

Com amplo mix de produtos entre calçados, roupas e acessórios, o shopping vem agregar ao segundo maior polo de confecção do País. A expectativa é movimentar cerca de R$ 150 milhões por ano na região, contribuindo para um salto em crescimento financeiro na localidade, de R$ 500 milhões para quase R$ 700 milhões mensais.

Estrutura

São cinco pavimentos ao todo, sendo dois com mais de 500 lojas e três destinados para mais de 480 vagas cobertas de estacionamento, além de 60 vagas especiais para ônibus.

Além de corredores espaçosos e ambiente climatizado, a praça de alimentação oferece opções variadas em alimentos e bebidas, e grandes players, como o fast food Giraffas e a varejista Americanas Express, além de marcas nacionais e locais para atender a todos os públicos. Ao todo, são 15 operações, quatro quiosques, além de outras estações de alimentação espalhadas pelo shopping.

“O Shopping Gallo foi planejado para atender a todas as demandas do mercado e, claro, as deficiências, como segurança, qualidade de atendimento e de mercadoria, além do bem-estar do lojista e do comprador”, define o presidente do Grupo Planalto, Alberto Nunes Pereira Neto. “E, de agora em diante, vamos buscar sempre novidades e inovação para nosso público e para a região”, adianta ele.

O novo mall, que é o primeiro centro de compras planejado da 44 desde a concepção, também oferecerá área de serviços, com estúdio de tatuagem e piercing, salão de beleza, escritório de contabilidade, seguradora de planos – saúde, odontológico, vida etc -, assistência técnica de celular, bordados, esmalteria, design de sobrancelha, estética e ótica.

Estacionamento

A entrada do estacionamento, cuja administração será particular, será feita pela Rua 67-A. O quinto pavimento foi estrategicamente planejado para oferecer maior número de vagas para a região, que hoje enfrenta problemas de trânsito, como lentidão e falta de local para estacionar. Ao todo, três pavimentos oferecerão vagas para veículos. Cerca de 50% do espaço está pronto para receber os clientes. A outra metade será entregue até o final do mês de novembro.

Outra inovação do Shopping Gallo é que os passageiros dos ônibus terão áreas de embarque e desembarque especiais que vão direcioná-los direto ao interior do mall, sem a necessidade de estacionar em outro local e ter que se deslocar a pé até o empreendimento. Somente aos finais de semana, a localidade da Rua 44 recebe em média entre 40 e 50 mil turistas interessados no atacarejo. Por mês, são mais de 260 ônibus que chegam à Capital com destino à Rua 44.

Grande parte desses compradores (51,8%) vem da região Centro-Oeste; 22,8% do Sudeste (especialmente interior de SP e MG), 17,8% do Norte do País, 6,5% do Nordeste, e 1,3% do Sul. Varejistas de países como África, Paraguai, Estados Unidos e Europa também optam por compras na localidade.

“A chegada do Shopping Gallo vai agregar e muito à região, com uma política de compras diferenciada e estrutura imponente. Um empreendimento pujante que vem somar aos demais centros de compras da 44 “, afirma o presidente da Associação Empresarial da Região da Rua 44 (AER44), Jairo Gomes, ao evidenciar que o pavimento destinado exclusivamente para estacionamento de carros e ônibus vai ajudar a aliviar as complicações de trânsito no local.

Em média, cerca de 50 mil veículos, entre carros, motos e ônibus, trafegam atualmente na região da Rua 44, que oferece apenas 2 mil vagas públicas para estacionamento. “Como em qualquer capital brasileira, o tráfego é totalmente complicado. Falta estacionamento e a mobilidade são problemas, além de serem ruas de acesso para vários bairros. Assim, com a inauguração de mais um shopping, um considerável espaço específico para carros e vagas especiais para ônibus, vai contribuir e muito para melhorar esses entraves estruturais”, avalia Jairo.

DETALHE

Data: 6 de novembro

Horário de funcionamento do shopping:

Segunda a quinta-feira: das 8 às 19 horas

Sexta-feira e sábado: das 6 às 19 horas

Local: Avenida Independência, 3392, Setor Central – Goiânia – Goiás

Assessoria de Imprensa Kasane 360º

Deixe sua opinião

x

Veja também

Fazer pesquisa prévia, captura de tela, gravar propagandas estão entre os alertas do Procon para o Black Friday

Há duas semanas para a Black Friday, que ofertas descontos aos consumidores, o Procon alerta ...

%d blogueiros gostam disto: