Home / Política / “Quem faz política para ofender não tem o que mostrar”, afirma Zé Eliton

“Quem faz política para ofender não tem o que mostrar”, afirma Zé Eliton

Em lançamento do Goiás na Frente Terceiro Setor – Social, em Anápolis, vice-governador defende “ações pautadas pelo respeito ao cidadão”. Segundo ele, “seremos o primeiro estado a zerar o número de famílias em situação de vulnerabilidade”

“Quem faz política para ofender não tem o que mostrar”, afirmou o vice-governador Zé Eliton, na manhã desta terça-feira (28/11), durante lançamento do Programa Goiás na Frente Terceiro Setor – Social, em Anápolis. “Nossas ações continuarão sendo pautadas pela solidariedade e respeito ao cidadão”, disse, sob aplausos, no Sesi Jaiara.

Na última segunda-feira (27/11) o vice-governador se reuniu com professores, advogados, engenheiros, lideranças políticas e representantes classistas para ampliar diálogo na formatação do plano de governo 2019-2022. “Temos por objetivo propiciar a chance das pessoas  sonharem com um futuro melhor”, diz. Em Anápolis, afirmou que “esta é uma agenda que lança programas sociais de apoio às entidades filantrópicas”.

Além da ampliação, o Goiás na Frente Terceiro Setor – Social pretende também zerar o número de famílias em situação de vulnerabilidade. “Seremos o primeiro estado do país a atingir estes índices. Terão prioridade pessoas portadoras de deficiência física”, ressalta.

Em discurso, Zé Eliton lembrou que seu avô foi cabo da Polícia Militar e a avó vendia doces. Também declarou que o seu primeiro emprego foi de vendedor de cursos de inglês. “Estudei em escola pública em Posse, uma das regiões mais pobres de nosso estado”, pontua.

Ao relatar sua história, ele também citou políticos que “nasceram em berço de ouro e nunca viram dificuldades” e “outros que atuam na base da arrogância, do chicote e da chibata”. Por fim, diz que o governador Marconi Perillo veio de uma família simples para se tornar uma das grandes expressões da política nacional.

Na cerimônia, ele anunciou a ampliação de programas sociais, como o Renda Cidadã, Jovem Cidadão e Cheque Reforma. “Terão prioridade pessoas portadoras de deficiência física”, diz. “Iremos incrementar 30 mil famílias no Renda Cidadã e autorizar aumento no número de pessoas beneficiadas no Jovem Cidadão que chegará a 5 mil”, adianta.

Zé Eliton reforçou que, a partir de 6 de abril, será o governador “do trabalho”. Segundo afirma, “tem filho de gente importante que não sabe o que é sofrimento do povo”.

O prefeito Roberto Naves (PTB) reiterou a parceria da prefeitura com o Governo de Goiás “que traz benefícios para Anápolis” e também se lembrou de ações por parte da prefeitura ligadas às áreas sociais. Estiveram presentes na cerimônia os deputados Henrique Arantes e Carlos Antônio; além de secretários estaduais, prefeitos da região, vereadores e autoridades municipais.

 FOTOS: JOTA EURÍPEDES

Comunicação Zé Eliton

Deixe sua opinião

x

Veja também

Deputado Eduardo Prado solicita investigação das empresas de ônibus

O Deputado Estadual Delegado Eduardo Prado encaminhou ontem, 12, ofício direcionado ao delegado da Delegacia ...

%d blogueiros gostam disto: