Home / Mundo / Brasil / Cidades / Prevenção ao câncer de mama é tema de caminhada na região central
Foto: Jhonney Macena

Prevenção ao câncer de mama é tema de caminhada na região central

Animadas, elegantes, empoderadas e determinadas. Essas são as centenas de mulheres que caminharam por dois quilômetros no final da tarde desta terça-feira,16, na região central de Aparecida para chamar a atenção de milhares de pessoas sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. O grupo, que participou da “2ª Caminhada Eu Vou de Rosa”, partiu da Avenida Gervásio Pinheiro, em frente ao Paço Municipal, e seguiu até a Praça da Matriz levando mensagens de conscientização sobre a doença que, segundo o Instituto Nacional do Cancêr (Inca), é o tipo mais comum entre mulheres no Brasil e no Mundo.

A iniciativa é uma das ações realizadas no Outubro Rosa no município para despertar a importância da prevenção e tratamento da doença. “A divulgação desta campanha, que é mundial, é muito importante. Sabemos que milhares de mulheres morrem todos os anos vítimas desta doença. Por isso, estamos realizando a 2ª Caminhada Eu Vou de Rosa. E precisamos trabalhar essa temática o ano todo, não apenas no mês de Outubro, que é uma luz cintilante para chamar ainda mais atenção para este tema tão salutar para a saúde da mulher”, disse a secretária Executiva da Mulher, Deni de Souza durante o evento.

Após vencer o câncer de mama, a secretária destaca que a prevenção é o melhor remédio para combater a patologia, que de acordo com o Inca matou 14.206 mulheres no Brasil em 2013. “Entendo que a mulher precisa se amar, se tocar e se cuidar porque o tratamento existe. Basta saber que depende apenas de nós, que nós temos a força de combater esse mal com o auto-exame, que foi a forma que me fez encontrar o caroço e hoje estar curada”, destacou a secretária ao apontar que logo após fazer o exame do toque, procurou ajuda médica.

Quem também abraçou a causa e foi para às ruas despertar a consciência de outras mulheres para o perigo que representa o câncer de mama foi a servidora pública Coleta Basílio. “Tudo aquilo que é feito para conscientizar a população é válido. As mulheres precisam saber que a prevenção é muito importante e esse movimento serve de alerta”, sublinhou ela durante a caminhada que percorreu parte da Avenida Independência, passando pela Praça da Família até chegar à Praça da Matriz.

Ainda no período de pós-parto, a primeira-dama e secretaria de Assistência Social do município, Mayara Mendanha, fez questão de liderar a caminhada que contou com a participação de secretários, vereadores e lideranças comunitárias. “Estamos provendo diversas ações com intuito de falar do câncer de mama e da importância de a mulher dedicar tempo para ela mesma. A mulher precisa usar o tempo a favor dela, fazendo o que ela gosta sendo feliz e, sobretudo, prevenindo para que essa doença não apareça. A mulher deve se cuidar não apenas no momento em que está doente, mas antes”, destacou Mayara.

Sintomas

O Instituto Nacional do Câncer aponta esse tipo da doença pode ser percebido em fases iniciais, na maioria dos casos, por meio dos seguintes sinais e sintomas:

– Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor: é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher.

-Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja.

– Alterações no bico do peito (mamilo).

– Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço.

– Saída de líquido anormal das mamas.

Esses sinais e sintomas devem sempre ser investigados, porém podem estar relacionados a doenças benignas da mama. A postura atenta das mulheres em relação à saúde das mamas, que significa conhecer o que é normal em seu corpo e quais as alterações consideradas suspeitas de câncer de mama, é fundamental para a detecção precoce dessa doença.

Programação – Diversas atividades estão sendo realizadas em alusão à campanha do Outubro Rosa. Na última quarta-feira, 10, a secretaria promoveu um encontro no cinema do Aparecida Shopping para detalhar a programação. Na segunda-feira, 15, foi realizada no CRAS do Setor Serra Dourada uma roda de conversa sobre o tema. As palestras continuarão sendo realizadas durante todo o mês nas demais unidades dos CRAS espalhadas pela cidade.

Outubro Rosa – O câncer de mama atinge 25% das mulheres em todo o mundo. 45% delas têm entre 50 e 69 anos. De acordo com especialistas, cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como praticar atividade física regularmente, alimentar-se de forma saudável, manter o peso corporal adequado, evitar o consumo de bebidas alcoólicas, e amamentar. Além disso, fazer exames regularmente ajudam no tratamento e cura da doença.

Fonte: Rodrigo Augusto
Foto: Jhonney Macena

Deixe sua opinião

x

Veja também

Avenidas da Vila Brasília recebem ações de melhorias de trânsito

Região está sendo preparada para a liberação completa do viaduto João Antônio Borges na Avenida ...

%d blogueiros gostam disto: