Home / Mundo / Brasil / Cidades / Prefeito cobra repasses do Governo de Goiás para a Saúde de Aparecida
Foto: Rodrigo Estrela

Prefeito cobra repasses do Governo de Goiás para a Saúde de Aparecida

Em busca de recursos para a Saúde de Aparecida, o prefeito Gustavo Mendanha se reuniu com a secretária da Fazenda do Estado de Goiás, Cristiane Schmidt, para cobrar os repasses do governo que estão em atraso e já somam mais de dez milhões de reais. O encontro ocorreu na manhã desta quinta-feira, 28, na sede da Secretaria Estadual, com a presença do presidente da Associação Goiana de Municípios, Paulo Sérgio de Rezende,  do presidente da Federação Goiana dos Municípios, Haroldo Naves, e do prefeito de Vianópolis, Issy Quinan.

A reunião ocorreu justamente na semana em que o Governo de Goiás anunciou novo repasse de recursos aos municípios, destinado à área da Saúde. Contudo, Aparecida de Goiânia não foi contemplada. O déficit com a cidade soma R$ 10.725.490,32.

Segundo Gustavo Mendanha, Aparecida tem assumido muitos compromissos que são legalmente deveres estaduais. “Nós temos ciência de que as contas públicas de Goiás não estão positivas, mas os municípios também enfrentam dificuldades e precisam da contrapartida estadual. Na área da Saúde, estamos aguardando os repasses que estão em atraso há mais de 12 meses, para que possamos continuar avançando nessa área”, pontuou.

A secretária Cristiane Schmidt destacou que compartilha as preocupações do prefeito, mas que a situação fiscal do governo estadual está caótica. “Nós queremos realizar todos os repasses previstos na Constituição Federal, mas até o fim deste ano estamos enfrentando uma situação de calamidade financeira. O Governo está empenhado em buscar alternativas viáveis e benéficas para os municípios”, pontuou. Em seguida, a gestora propôs negociações que prezem pela cooperação e parceria entre os entes federados.

O presidente da Associação Goiana de Municípios, Paulo Sérgio de Rezende, enfatizou que as áreas de Educação e Saúde são as mais sobrecarregadas com a falta de recursos para custeio e que os prefeitos têm buscado todo o tipo de diálogo e estratégias para evitar o caos generalizado. Haroldo Naves falou sobre a importância do governo realizar políticas públicas de qualidade e em parceria com os municípios.

Já Issy Quinan abordou as necessidades de investimentos e repasses ao Fundo de Participação e Fomento à Industrialização do Estado de Goiás. Ao final, o grupo acordou que um novo encontro deve ser realizado em breve, para discutir alternativas à situação entre governo estadual e municípios.

Investimentos na Saúde de Aparecida

Em 2018, foram aplicados mais de R$ 322 milhões de reais na rede municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia. Desse total, cerca de 128 milhões saíram do cofre público municipal. O valor corresponde a 21% de toda a receita da Prefeitura, bem acima dos 15% que são estipulados pela Lei.

Fonte: Camila Godoy
Foto: Rodrigo Estrela

Deixe sua opinião

x

Veja também

Prefeitura inicia construção de rede de drenagem na Avenida Araguaia

Intensificando os investimentos em infraestrutura de drenagem urbana, a Prefeitura de Goiânia, por meio da ...

%d blogueiros gostam disto: