Home / Esporte / Pasinato “Temos que ter uma postura mais agressiva”
(Foto: Douglas Monteiro)

Pasinato “Temos que ter uma postura mais agressiva”

Com 10.898 pagantes, o Vila Nova empatou com o Guarani, por 1 a 1, pela 29ª rodada da Série B. O colorado ocupa a 6ª posição com 44 pontos e fica apenas com um ponto de diferença do Avaí (4ª). Com esse resultado, o Tigrão chega ao seu 11ª empate e o 8º jogando em casa.

O artilheiro do Vila Nova na Série B é o meia Alan Mineiro. Com sete gols, a última vez que Alan balançou as redes foi na 26ª rodada. Após o jogo contra o Guarani, o meia deu a seguinte declaração: “Às vezes sou muito marcado dentro do jogo. Sou muito bem marcado, então eu preciso de alguém para me ajudar, de um cara que vem para receber a bola. É jogo para homens. São 10 jogos, não é momento para testes. Eu preciso de alguém para dividir a responsabilidade”

Depois deste pronunciamento, a reportagem da Rádio Sagres 730 questionou o goleiro, Mateus Pasinato, sobre o posicionamento de Alan Mineiro e se concorda com esse diagnóstico.

“Todo mundo tem responsabilidade. Todo mundo tem seu entendido, sua parcela tática e técnica. Nós nos cobramos lá atrás e lá na frente na criação. Então, temos jogadores jovens e jogadores experientes. Não vejo problema nessa mescla. Nós pedimos um pouco de calma para torcida, pois todo mundo que ganhar. Nós também queremos. Precisamos manter os pés no chão e trabalhar bastante”, ressalta.

O Guarani abriu o placar no Serra Dourada, aos 40 minutos, com gol de Felipe Rodrigues. Na segunda etapa, o Vila Nova conseguiu igualar o placar com Rafael Silva. Mesmo com gol do Bugre, a defesa do colorado continua sendo a menos vazada com 21 gols sofridos.

“Tem que ressaltar a qualidade dos outros adversários. É uma arma que todos estão usando. Quem for o mais eficiente leva vantagem. Então, temos que trabalhar. Apesar de ser a defesa mais vazada, temos que organizar. Não é fácil de melhorar, mas também não é um bicho de cinco cabeças”, afirma.

O próximo duelo do Vila Nova será contra o Atlético no próximo sábado, no estádio Antônio Accioly, às 16h30. Os dois clubes faram um confronto direto, já que as duas equipes brigam para entrar no G4.

“Temos que entrar no primeiro tempo como foi no segundo. Independentemente de estar jogando em casa ou fora de casa. Temos que ter uma postura mais agressiva. Para nós, agora, são nove jogos. O nosso jogo do acesso será contra o Atlético”, finaliza.

 

Fonte. Sangres Online

Deixe sua opinião

x

Veja também

Peruano da Copa do Mundo estreia no Goiás hoje, veja os detalhes

O lateral Nilson Loyola será a grande atração do Goiás na partida contra o Iporá, ...

%d blogueiros gostam disto: