Home / Mundo / Brasil / Goiás / Parceria entre Goiás e DF deve mudar a realidade do Entorno

Parceria entre Goiás e DF deve mudar a realidade do Entorno

Parceria visa fomentar o desenvolvimento e melhorar a qualidade de vida da população, a começar pelo transporte coletivo

Os governos de Goiás e do Distrito Federal vão estudar um consórcio para integrar o transporte coletivo do Entorno com o DF. A proposta foi apresentada aos governadores de Goiás, Ronaldo Caiado, e do DF, Ibaneis Rocha, pela Associação dos Municípios Adjacentes a Brasília (Amab) nesta quinta-feira, dia 22. Transporte público é um dos três eixos que governos e prefeituras da região devem trabalhar em conjunto a partir de agora.

“É fundamental que tenhamos, neste momento, uma noção maior da nossa responsabilidade em relação aos problemas que acontecem em todos os municípios adjacentes a Brasília. Essa é uma ação conjunta”, afirmou Ronaldo Caiado, após firmar parceria com o governador Ibaneis Rocha. O objetivo da parceria, selada na cidade de Águas Lindas e na presença de prefeitos pertencentes à Associação, é unir forças para promover o desenvolvimento dos municípios da região do Entorno do Distrito Federal.

Contente com o resultado histórico da reunião, Ronaldo Caiado ressaltou que as ações conjuntas serão realizadas com total transparência. “Nós dois já entendemos e a partir de agora as coisas são muito claras. Ele fala com total transparência e eu também. Então, as coisas serão resolvidas com muita tranquilidade, sabedores que temos que o objetivo é só: melhorar toda a região adjacente de Brasília para que a população tenha melhor qualidade de vida”, disse.

A parceria tem como desafio auxiliar os prefeitos das 29 cidades do Entorno do Distrito Federal em três eixos principais: área do transporte, saúde e segurança pública. Durante discurso, Ibaneis destacou que conhece as necessidades da região e agradeceu o empenho de todos os agentes públicos. “Acompanho o desenvolvimento de toda essa região com muito carinho e atenção. Fico feliz hoje aqui. O senhor pode ter certeza que nós vamos apoiar aquilo que for possível, que for do interesse do Governo de Goiás e das prefeituras”, reforçou o governador do DF.

Anfitrião da reunião, o prefeito de Águas Lindas e presidente da Amab, Hildo do Cadango, comemorou a parceria, que trouxe grande esperança e expectativa aos prefeitos. “Quero agradecer e parabenizar aos dois governadores. Hoje, para nós, é um marco para a nossa região. A reunião foi muito importante, sairão muitos frutos positivos. Temos aqui representados mais de 20 municípios que compõem essa reunião e todos no bem comum de fazer desta uma região próspera e em desenvolvimento”, destacou.

Transporte coletivo

A proposta entregue pelos prefeitos da Amab prevê a constituição de consórcio para integrar o transporte coletivo de mais de 30 municípios que compõem a Região Integrada de Desenvolvimento do Entorno (Ride). De acordo com o projeto, o financiamento ficaria a cargo do próprio sistema de transporte público, com a retirada de um percentual das tarifas.

“Esse consórcio já foi aprovado na cidade de Teresina e Timon, no Maranhão, e está em funcionamento, trazendo resultado positivo tanto em qualidade, preço de passagem e estrutura. Então esse é o modelo que a gente está trazendo para ser aprovado e apreciado pelos dois governadores”, apontou o prefeito de Águas Lindas.

Apoio de prefeitos

Após a reunião, os dois governadores ouviram todas as demandas dos prefeitos e prefeitas presentes em Águas Lindas, que também expressaram a alegria dessa nova união. Para o prefeito de Abadiânia, José Diniz, esta é a “certeza que a partir de hoje a região será outra em todos os aspectos”.

Da mesma forma, o prefeito de Valparaíso acredita que a parceria propiciará o desenvolvimento do Entorno. “O exemplo tem que ser dado pelos membros e os dois líderes hoje se uniram. Contem com a minha parceria, estou de braços abertos para poder consolidar essa ajuda”. Sônia Chaves, prefeita de Novo Gama, também parabenizou aos governadores. “Isso faz a diferença. Tenho certeza que essa reunião ficará na história de Goiás e do Distrito Federal”, comentou.

Estavam presentes aos encontros e reuniões sobre o Entorno os prefeitos goianos José Aparecido Alves Diniz (Abadiânia), José Eduardo Oliveira (Água Fria), Allysson Silva Lima (Alexânia), Martinho Mendes (Alto Paraíso), Iolanda Holiceni (Alvorada do Norte), Antônio Luciano Batista (Barro Alto), Everton Francisco de Matos (Cabeceiras), Josemar Saraiva (Cavalcante), Fábio Correia de Oliveira (Cidade Ocidental), Alair Gonçalves (Cocalzinho de Goiás), Célio Fleury (Corumbá de Goiás), Daniel Sabino (Cristalina), Jadiel Ferreira (Flores de Goiás), Gustavo Marques (Formosa), Renato Menezes de Castro (Goianésia), Cristóvão Vaz Tormin (Luziânia), Genivaldo Gonçalves (Mimoso de Goiás), Fernando Carneiro (Niquelândia), Sônia Chaves (Novo Gama), Francisco de Moura (Padre Bernardo), João Batista Cabral (Pirenópolis), Eles Reis (Planaltina), Débora Domingues (São João D’Aliança), Ademar Antônio da Silva (Simolândia), o vice-prefeito Aleandro (Santo Antônio do Descoberto), Pabio Correia (Valparaíso de Goiás), Felipe Alves (Vila Boa), Cirlei Rodrigues (Vila Propício); e os prefeitos mineiros Carlos Alberto (Arinos), Keny Soares (Buritis), Odilon de Oliveira (Cabeceira Grande) e José Gomes (Unaí).

Também participaram o vice-governador Lincoln Tejota, os deputados federais José Nelto e Flávia Morais; os deputados estaduais Diego Sorgatto, Wilde Cambão e Jefferson Rodrigues; os secretários de Estado Ernesto Roller (Governo), Wilder Morais (Indústria e Comércio), Ismael Alexandrino (Saúde), Rodney Miranda (Segurança Pública), Valéria Torres (Comunicação), Marcos Cabral (Desenvolvimento Social); o delegado-geral da Polícia Civil, Odair José; o chefe de gabinete da Representação de Goiás no Distrito Federal, Breno Vieira; o presidente da AGR, Eurípedes Barsanulfo; também a primeira-dama de Águas Lindas, Aleandra Sousa; o vice-prefeito da cidade, Luiz Alberto Jiribita; e o presidente da Câmara de Vereadores, Rogemberg Barbosa; além de outros vereadores e lideranças de diversos municípios goianos.

Pelo Distrito Federal, participaram ainda os secretários da Casa Civil, Valdetário Monteiro; de Ciência e Tecnologia, Gilvan Máximo; e do Entorno, Paulo Roriz.

Secom – Governo de Goiás

Deixe sua opinião

x

Veja também

Saúde ou emprego? O dilema do amianto, que fez Goiás desafiar o STF

Em novembro de 2017, o impasse sobre o amianto no Brasil parecia um capítulo prestes ...

%d blogueiros gostam disto: