Home / Mundo / Brasil / Cidades / Órgãos se unem para retomar as obras das moradias sociais na Chácara São Pedro em Aparecida
Foto: Enio Medeiros

Órgãos se unem para retomar as obras das moradias sociais na Chácara São Pedro em Aparecida

Construção, que já está 70% das obras concluídas, irá beneficiar 900 famílias de Aparecida com moradia digna

Com o objetivo de retomar as obras dos Conjuntos Habitacionais Chácara São Pedro, o prefeito Gustavo Mendanha se reuniu, na manhã desta segunda-feira, 15, com os representantes da Caixa Econômica Federal, Saneago, Agência Goiana de Habitação (Agehab), Comissão de Finanças, Tributação e Orçamento Assembléia Legislativa de Goiás (ALEGO), Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, Comissão de Acompanhamento dos Programas Habitacionais da Câmara de Deputados e, também, com representante das Associações de luta por moradia. Após a reunião as autoridades vistoriaram os prédios em construção.

A obra é uma iniciativa do Movimento de Luta Pela Casa Própria (MLCP), Associação Cultura Educação Moradia Agronomia e Trabalho (ACEMAT) e  Associação de Combate Social (ACODES) que, em parceria com o Governo Federal por meio do programa Minha Casa Minha Vida. Os trabalhos de construção dos prédios começaram em 2013 e está com 70% do serviço executado e foi paralisado por atrasos de repasses do Governo Federal e necessidade de atualização de planilhas de custo em função do tempo, conforme explicação dos representantes das associações.

O prefeito Gustavo Mendanha disse durante a vistoria que a administração municipal está à disposição para auxiliar no que for preciso para que as obras sejam retomadas. “O que for de alcance da prefeitura nós vamos providenciar para que essa obra seja retomada e entregue a nossa população que tanto precisa. Já implantamos toda uma infraestrutura dando maior mobilidade em torno do empreendimento, entregamos alguns equipamentos públicos para os habitantes da região, como Centro de Educação Infantil, Escola Municipal e Unidade de Pronto Atendimento (UPA), então a nossa parte está sendo feita. Além disso, vou ajudar a cobrar junto ao Governo Federal a viabilização dos recursos que ainda faltam”, destacou o prefeito.

Segundo o presidente da Associação Movimento de Luta Pela Casa Própria, Euler Ivo, a obra estava orçada em R$ 35 milhões, e é preciso R$ 20 milhões para finalizá-la. Ele explica que o Governo de Goiás, através da Agehab, deverá contribuir com R$ 4,5 milhões em cheques moradias e a outra parte será suprida pelo Governo Federal. Os conjuntos habitacionais Chácara São Pedro I, II e III, contemplam 900 apartamentos e beneficiarão mais de três mil pessoas. “Essa obra é muito importante para muitas famílias. Cinco mil famílias foram selecionadas inicialmente pela Prefeitura, destas sorteamos 1,5 mil e por fim a Caixa sorteou os 900. Todas são muito carentes e em situações de vulnerabilidade social”, explicou o presidente.

O presidente da Associação MLCP, Euler Ivo, ressaltou ainda que somados os investimentos de infraestrutura que já foram realizados, como a doação da área, os empreendimentos e obras circunvizinhas implantadas pela Prefeitura de Aparecida e a Saneago,  os investimentos remanescentes são proporcionalmente muito pequenos para se justificar o abandono ou não retomada da obras. “Para a retomada da obra, além do aporte complementar dos governos estadual e federal, será necessário a implantação da rede de água por parte da Saneago”, ressaltou.

Segundo o diretor Financeiro da Saneago, Paulo R. B. Battiston, para não faltar água aos futuros moradores do Conjuntos Habitacionais Chácara São Pedro, a construção do “Linhão”, já está em fase de conclusão e ligará o Sistema Produtor Mauro Borges, em Goiânia, à Região Leste de Aparecida. “Muitos testes positivos foram realizados e de acordo com o cronograma, até junho será entregue. O Linhão será a principal solução para resolver o problema do fornecimento de água em Aparecida”, garantiu. O presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, participou da vistoria e se prontificou em levar a situação ao governador e ainda esta semana será definido o valor do investimento por parte do Estado.  A obra já foi novamente licitada pela CAIXA e a documentação encontra-se em trâmite final junto ao banco e o Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR).

Presenças – Também participaram da reunião e da vistoria, os deputados Adriano Baldy (PP) (Federal), Karlos Cabral (PDT) (Estadual), os superintendentes da Caixa, Esteliana Modesto Fonseca (Habitação) e Wéllerson Ferreira (Negócios de Governo), os secretários Einstein Paniago (Projetos e Captação de Recursos) e Roberto Teixeira (Articulação Política), os vereadores de Aparecida Panda (PCdoB) e Almeidinha (MDB), e ex-deputada estadual Isaura Lemos.

Fonte: Rackel Vieira
Foto: Enio Medeiros

Deixe sua opinião

x

Veja também

Trabalhadores aparecidenses recebem cupons para sorteio de carro zero quilômetro

O sorteio do carro e de diversos brindes será realizado durante a tradicional Festa do ...

%d blogueiros gostam disto: