Home / Política / Oposição apresenta chapa majoritária e defende renovação política em Goiás

Oposição apresenta chapa majoritária e defende renovação política em Goiás

No primeiro evento conjunto da chapa majoritária da Coligação Novas Ideias, Novo Goiás, lideranças afirmaram que aliança se deu pela consistência do projeto de Daniel Vilela para o Estado. Candidato a governador citou gestões bem sucedidas em Aparecida de Goiânia e Senador Canedo para mostrar capacidade de trabalho do grupo. 

No primeiro ato público após a consolidação da chapa majoritária da Coligação Novas Ideias, Novo Goiás, as lideranças da oposição ao governo de Goiás afirmaram que a aliança com o MDB se deu pelo entendimento de que o atual grupo político que governa Goiás se esgotou e chegou o momento de renovar a política estadual. Para os oradores no evento, realizado na noite de sexta-feira, em Aparecida de Goiânia, somente o candidato do MDB, Daniel Vilela, representa o perfil de mudança verdadeira.

“Temos nestas eleições a oportunidade de promover, junto com Daniel, um novo momento para Goiás, no qual as expectativas dos eleitores sejam realizadas. O Goiás que queremos é um Goiás novo, jovem, diferente, que dê oportunidades para o trabalhador e atenda a quem precisa”, afirmou o deputado federal João Campos, presidente estadual do PRB.

Candidato ao Senado, o ex-prefeito de Senador Canedo Vanderlan Cardoso (PP) lembrou que seu partido foi cortejado pelos outros candidatos, mas que o PP optou pela aliança com o MDB por causa da consistência do projeto liderado por Daniel. “Poderíamos ter optado por apoiar quem está melhor nas pesquisas ou ficado com o governo, mas nós não acreditamos nos projetos deles”, afirmou o progressista. “Nós acreditamos é no Daniel, que é quem tem o melhor projeto e está verdadeiramente preparado para governar Goiás”.

Candidato a vice-governador, o deputado federal Heuler Cruvinel (PP) disse que o propósito do grupo é fazer com que o Estado ofereça as condições para o crescimento pessoal de todos os goianos. “Fomos procurados por todos os candidatos e ouvimos os projetos deles. Mas não há dúvidas: o projeto do Daniel, o nosso projeto, é muito melhor que o deles. É o projeto de um Estado eficiente, construído com muito diálogo e perseverança”, afirmou Heuler.

“Tempos de crise são tempos de oportunidade. Hoje estamos vendo o surgimento de novas lideranças para instituir em Goiás uma nova forma de governar”, afirmou o candidato ao Senado Agenor Mariano (MDB). Primeira-dama de Goiânia, a ex-deputada federal Iris Araújo lembrou que o MDB conseguiu operar em Aparecida de Goiânia a maior transformação administrativa da história recente do Estado e que vai levar este modelo para o governo do Estado.

“Está na hora de você, Daniel, como verdadeiro oposicionista que é, levantar a nossa bandeira e percorrer o caminho para retomar o progresso em Goiás”, pediu Iris Araújo. Participaram também do evento o prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, o vice-prefeito Veter Martins, o deputado estadual Jeferson Rodrigues (PRB), candidato à reeleição, os candidatos a deputado estadual Max Menezes, Ozair José e Gleison Rocha, além do ex-vice-governador Ademir Menezes.

Nova política

Daniel Vilela disse em seu discurso que a escolha de Aparecida para a apresentação da chapa majoritária deve-se ao exemplo que a cidade oferece para Goiás de que, com uma gestão responsável, é possível promover desenvolvimento. “Aparecida era uma cidade dormitório e hoje é a maior referência de desenvolvimento de Goiás. Com o projeto certo e disposição para trabalhar, é possível mudar a vida das pessoas para melhor. Um governo não pode se acomodar nas desculpas para tentar justificar seus erros, tem que encarar os problemas de frente e buscar as soluções”, afirmou Daniel Vilela.

O candidato a governador lembrou que Vanderlan Cardoso conseguiu realizar um trabalho semelhante em Senador Canedo, que era tida como uma cidade sem solução e se desenvolveu exponencialmente durante seus mandatos (2004 a 2010). “Nós sabemos resolver problemas e oferecer qualidade de vida às pessoas”, sintetizou Daniel. Ao agradecer o apoio do PP, PRB e PHS ao projeto de oposição ao atual governo, ele lembrou que era mais fácil para esses partidos terem permanecido na base aliada, mas optaram por enfrentar a perseguição promovida pelo Palácio das Esmeraldas por uma convicção de que é necessário mudar a política goiana.

“Estão todos vendo que este governo perdeu nos últimos anos a capacidade de inovar, de criar. São sempre as mesmas pessoas se revezando nos cargos de relevância dentro da gestão. O que precisamos agora é de sangue novo no governo, é de permitir que Goiás respire novos ares”, disse Daniel. “A nova política requer uma mudança de postura, de atitude. A nova política não compactua com a ineficiência, com a insegurança, com os gastos supérfulos. A nova política é mudança que defendemos”, concluiu.

 

Assessoria de Comunicação – Deputado Federal Daniel Vilela (MDB-GO)

Deixe sua opinião

x

Veja também

Deputado Eduardo Prado solicita investigação das empresas de ônibus

O Deputado Estadual Delegado Eduardo Prado encaminhou ontem, 12, ofício direcionado ao delegado da Delegacia ...

%d blogueiros gostam disto: