Home / Mundo / Brasil / Cidades / Mutirão da Saúde leva serviços de saúde para população próxima ao Aterro Sanitário

Mutirão da Saúde leva serviços de saúde para população próxima ao Aterro Sanitário

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realizou, na manhã desta quarta-feira, 28, o Mutirão de Atendimentos da Saúde no setor Continental. O evento ocorreu no Instituto Casa de Maria e atendeu mais de 100 moradores da região próxima ao Aterro Sanitário do município. Foram oferecidos atendimentos médicos de clínico geral, vacinação, exames preventivos, cadastramento no SUS e testes rápido para Sífilis, HIV e Hepatite B e C e acompanhamento de pré-natal.

Segundo o secretário de Saúde de Aparecida de Goiânia Edgar Tollini, que esteve presente no evento, a ação é uma iniciativa de um projeto maior que visa promover a assistência à saúde em todos os locais da cidade. “Este tipo de ação visa levar a Saúde para mais próxima da população que vive em situação de vulnerabilidade social. E em breve, outra ação como esta será realizada no setor Expansul, onde levaremos toda a equipe da secretaria para atender os moradores”, afirmou o secretário.

Um estudo realizado pela SMS identificou que 35 mulheres que moram nos setores Terra do Sol e continental estavam grávidas e ainda não haviam passado por avaliação médica. Jociane Jesus Silva, que está com 38 semanas e de gestação era uma delas. “Tentei fazer acompanhamento no Retiro do Bosque, mas não consegui ir com a frequência necessária, tendo me consultado apenas três vezes. O Mutirão veio excelente hora e o médico me avaliou, ouviu o coração do meu bebê e disse que ele está pronto para nascer”, relatou.

Os moradores também aproveitaram a ação para atualizar o cartão de vacinação e receberam doses das vacinas antitetânica, contra febre-amarela, hepatite B, sarampo, caxumba e rubéola. As crianças da região que ainda não tinham cartão de vacina ou estavam com ele desatualizado receberam o documento e se imunizaram contra poliomielite, rotavírus, hepatite A, varicela, HPV, pneumo 10, meningite C, difteria, tétano e coqueluche.

A moradora do Setor Continental, Nayara Martins Soares, levou a filha de apenas um ano para vacinar. De acordo com ela, quase ninguém da vizinhança possui meio de transporte para procurar auxílio médico e que uma ação como esta faz toda a diferença na vida dos moradores. “Para ir até uma unidade de saúde é muito difícil, por isso parabenizo a ação da prefeitura, que ajuda a transformar nossas vidas”, comentou a moradora.

Satisfeitos com os serviços oferecidos, os moradores já aguardam novas edições do evento. “As pessoas daqui são muito carentes e o local é afastado. Ficamos muito felizes ao saber que o primeiro Mutirão da Saúde seria realizado aqui. E agora esperamos que a Prefeitura volte sempre para que possamos ter mais acesso aos serviços públicos. Essas consultas e exames nos trazem mais dignidade”, avaliou Mônica dos Gotim, moradora do setor Terra do Sol.

Fonte: Camila Godoy
Foto: Wigor Vieira

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: