Home / Mundo / Brasil / Goiás / Medicamentos genéricos podem variar até 600% em farmácias de Goiânia
Nos medicamentos de referência, a variação chega a 302,96%. A maior diferença constatada foi do medicamento Aerolin (Sulfato de Salbutamol), no qual os preços oscilam de R$ 7,42 a 29,90. Imagem. Reprodução,

Medicamentos genéricos podem variar até 600% em farmácias de Goiânia

Pesquisa realizada pelo Procon Goiás percorreu 17 estabelecimentos e foram pesquisados 66 medicamentos, sendo 33 referência e 33 genéricos

Os preços de medicamentos genéricos podem variar até 600% nas drogarias de Goiânia. Isso conforme uma pesquisa realizada pelo Procon Goiás e divulgada na tarde desta segunda-feira (16). Na averiguação, 66 medicamentos foram pesquisados em 17 drogarias de diferentes regiões da capital, entre os dias 2 de 16 de abril.

Conforme divulgado pelo órgão, foram coletados e comparados os preços dos medicamentos, sendo que metade dos medicamentos pesquisados eram formados por remédios de preferência e a outra era formado por medicamentos genéricos, levando em consideração a mesma apresentação, denominação e laboratórios.

A maior variação entre genéricos foi constatada no medicamento Cloridrato de Metoclopramida que variou de  R$ 1,79 a R$ 12,54. Outro medicamento que apresentou grande diferença foi o Acetofenido de Algestona+ Enantato de Estradiol que variou de R$ 1,93 a R$ 11,75.

Genéricos

Medicamento Menor Preço Maior Preço Variação (%)
Cloridrato de Metoclopramida R$    1,79 R$ 12,54 600,56
Acetofenido de Algestoma +Enantato de Estradiol

 

R$    1,93 R$ 11,75 508,81
Loratadina  R$    6,44 R$ 34,23 431,52
Paracetamol  R$    2,99 R$ 13,90 364,88
Atorvastatina Cálcica  R$ 14,99 R$ 64,15 327,95
Cloridrato de Ranitidina  R$ 6,44 R$ 23,23 260,71
Dipirona Monoidratada  R$ 1,49 R$ 5,31 256,38
Nimesulida  R$ 4,99 R$ 16,24 225,45
Amoxicilina  R$ 9,66 R$ 23,96 148,03

Já nos medicamentos de referência, a variação chega a 302,96%. A maior diferença constatada foi do medicamento Aerolin (Sulfato de Salbutamol), no qual os preços oscilam de R$ 7,42 a 29,90.

A pesquisa foi realizada após o reajuste acertado no dia 31 de março que variou de 2,09% a 2,84% e foi o percentual permitido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED).  Como no ano passado, o reajuste deste ano foi menor que a inflação registrada no período de abril de 2017 a março de 2018 medido pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) que ficou em 2,68%.

Referência

Medicamento Menor Preço Maior Preço Variação (%)
Aerolin (Sulfato de Salbutamol)  R$    7,42 R$ 29,90 302,96
Amoxil (Amoxicilina)  R$  35,80 R$ 78,95 120,53
Propranolol (Clorid de Propranolol)  R$    4,49 R$ 10,81 140,76
Tylenol (Paracetamol)  R$  17,90 R$ 27,90 55,87
Voltaren (Dicrofenaco Sódico)  R$  25,29 R$ 36,12 42,82
Fenergan (Clorid de Prometazina)  R$    9,07 R$ 12,95 42,78
Rivotril (Clonazepam)  R$  16,55 R$ 22,12 33,66
Gardenal (Fernobarbital)  R$    6,09 R$   8,46 38,92

 

 

Fonte: Procon Goiás

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: