Home / Política / Lava Jato prende Paulo Preto e investiga Aloysio Nunes
Foto: Reprodução

Lava Jato prende Paulo Preto e investiga Aloysio Nunes

Polícia Federal apura pagamento de propinas da Odebrecht para tucanos de São Paulo

A Polícia Federal está nas ruas, na manhã desta terça-feira (19), para cumprir mandados da 60ª fase da Operação Lava Jato. O ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto e apontado como operador dos esquemas do PSDB paulista, foi preso.

O alvo da operação é o setor de propinas da construtora Odebrecht. Segundo o Ministério Público Federal, Paulo Vieira movimentou mais de R$ 100 milhões em espécie para as propinas Odebrecht para as campanhas eleitorais. Além da prisão preventiva, a PF também está cumprindo 12 mandados de busca e apreensão em São Paulo, São José do Rio Preto, Ubatuba e Guarujá. Alguns endereços são ligados ao ex-ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes Ferreira (PSDB).

“A operação aprofunda a investigação de um complexo esquema de lavagem de dinheiro de corrupção praticada pela Odebrecht, que envolveu os operadores Paulo Vieira de Souza, Rodrigo Tacla Duran, Adir Assad e Álvaro Novis, que mantiveram relações pelo menos entre 2007 e 2017”, afirma o Ministério Público Federal em nota. Paulo Vieira teria movimentado mais de R$ 130 milhões em contas na Suíça, segundo o MPF.

Também houve pedidos de bloqueios de bens de vários investigados. A nova ação da Lava Jato ocorreu após delações de funcionários e doleiros que trabalhavam para a Odebrecht. De acordo com investigações, a construtora “devolvia” ao PSDB parte do dinheiro superfaturado em obras em São Paulo. O esquema utiliza contas no exterior.

A defesa de Paulo Vieira ainda não se pronunciou. Aloysio Nunes Ferrreira também não comentou a operação da PF.

 

 

Fonte. Valor Econômico

 

Deixe sua opinião

x

Veja também

Reforma da Previdência é promulgada pelo Congresso

Quase nove meses depois de ser oficialmente proposta pelo governo, nesta terça-feira (12), deputados e ...

%d blogueiros gostam disto: