Home / Mundo / Brasil / Goiás / Kaká agradece população e Governo de Goiás por viabilizar cirurgia e diz que pretende jogar futebol

Kaká agradece população e Governo de Goiás por viabilizar cirurgia e diz que pretende jogar futebol

Em iniciativa do vice-governador Zé Eliton, Estado destina cerca de R$ 54 mil para passagens aéreas e estadia do garoto e acompanhante. Procedimento em hospital especializado em Missouri (EUA) pode proporcionar autonomia de mobilidade para Kaká. “Irei mandar vídeos da minha recuperação”, disse. Representante do governo, Cleudes Baré afirma que “estamos contagiados com essa energia de amor”

“Estamos contagiados por essa energia de amor e pela sinergia dos pais do Kaká que propuseram toda uma mobilização do povo goiano”, disse o superintendente de Acesso a Serviços Hospitalares e Ambulatoriais, Cleudes Baré, na manhã desta quinta-feira (19/10). Ele representou o vice-governador Zé Eliton durante doação de passagens aéreas para Carlos Eduardo Capucho Maia (Kaká) e um acompanhante com destino aos EUA, além de estadias com previsão para 50 dias no Saint Louis Children’s Hospital, especializado em rizotomia dorsal seletiva, em Missouri, local onde será feita a cirurgia.

Sorridente, Kaká agradeceu ao povo goiano e o Governo do Estado por mais esta ação de solidariedade e, animado, disse que irá se recuperar logo para jogar futebol e atuar por seu clube de coração, o Goiás.

“Irei mandar vídeos da minha recuperação e, assim que estiver tudo bem, vou jogar futebol”, diz Kaká sob sorrisos. O pai, Luciano Maia, afirmou estar “sem palavras” por tudo o que ele e a família conquistaram ao longo dos meses. “Temos apenas a agradecer esta corrente do bem e tudo o que nos foi doado, graças a solidariedade do povo goiano e do Governo de Goiás”, ressalta.

Segundo explica Cleudes Baré, as passagens já foram adquiridas, além da estadia de Kaká e de um acompanhante. No total serão doados aproximadamente R$ 54 mil. A cerimônia de entrega foi na residência do garoto, localizada na Vila dos Alpes, em Goiânia.

“Reconhecemos a forma solidária com que todos participaram ativamente da corrente do bem para ajudar esta família”, afirma Cleudes Baré. O procedimento pode proporcionar autonomia de mobilidade para o garoto de 9 anos, que sofreu Paralisia Cerebral Espástica ao nascer.

Cleudes Baré ainda explica que o Governo de Goiás utilizou a metodologia, conhecida como Tratamento Fora de Domicílio, para subsidiar as passagens e a estadia do Kaká e de um acompanhante. “É um hotel de boa qualidade que dará suporte para acompanhar todo o tratamento do garoto”, diz.

A iniciativa de viabilizar os recursos para a viagem aos EUA foi do vice-governador Zé Eliton que, no dia 25 de setembro de 2017, recebeu em seu gabinete o garoto, os pais Luciano Maia, Gabriela Capucho e a irmã Maria Luiza. Na oportunidade, ele anunciou participação na campanha Todos pelo Kaká, com doação pessoal de recursos, e se comprometeu a consultar a melhor forma de o governo se unir à causa. Em suas redes sociais, o vice também pediu à população que colaborasse.

Maratona

A campanha Todos Pelo Kaká arrecadou os R$ 280 mil necessários para o garoto fazer a cirurgia que dará a ele chances de voltar a andar. Para arrecadar o valor, a família participou de eventos, rifas e bingos. A campanha ganhou as redes sociais, os meios de comunicação formais, e sensibilizou a sociedade. Faltavam, ainda, passagens aéreas e estadia nos EUA, recursos que o Governo do Estado agora viabiliza.

FOTOS: JOTA EURÍPEDES

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: