Home / Mundo / Brasil / Cidades / Inscrições para 4º Casamento Comunitário podem ser feitas até 20 de setembro
Foto: Claudivino Antunes

Inscrições para 4º Casamento Comunitário podem ser feitas até 20 de setembro

Programa da Prefeitura de Aparecida, que está em sua 4ª edição, realiza sem custos, a oficialização do matrimônio de pessoas que vivem em união estável

Ainda estão abertas as inscrições para casais de baixa renda que moram em Aparecida e querem oficializar a união estável, através do programa Casamento Comunitário. Os interessados podem se inscrever até o próximo dia 20 de setembro na Secretaria de Assistência Social, localizada na Avenida B, no Setor Araguaia (próximo ao terminal de ônibus). As vagas são limitadas, por isso, o ideal é não deixar para a última hora. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30. Ao todo, foram disponibilizadas 300 vagas.

Para se inscrever, as duas partes devem levar, nesse primeiro contato, a carteira de identidade, CPF, comprovante de endereço e de renda. Beneficiários do Bolsa Família e inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) também devem apresentar na Secretaria os cartões desses dois programas. No ato da pré-inscrição, os interessados receberão instruções das providências que precisam ser tomadas para deixar tudo pronto até o dia do casamento, cuja data será anunciada posteriormente. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone (62) 3545-5970.

O programa Casamento Comunitário garante aos noivos a certidão de casamento sem custo. No dia da cerimônia, a Secretaria de Assistência Social receberá os casais e seus convidados num espaço todo decorado com flores. Haverá até uma mesa de bolo para servir de cenário às fotos que cada casal queira tirar.

Essa é a 4ª edição do Casamento Comunitário. O programa é executado pela Prefeitura de Aparecida de Goiânia, através da Secretaria de Assistência Social, junto com parceiros da iniciativa privada. O Cartório Oliveira e o Centro de Cultura, Esporte e Lazer da Advocacia de Goiás (CEL) da OAB, que fica em Aparecida, são duas das instituições que ajudam a realizar esse sonho dos casais.

Primeira-dama de Aparecida, Mayara Mendanha observa que uma parcela considerável das pessoas interessadas no casamento comunitário já tem seus filhos e até netos. E nesse sentido, ela acredita que a oficialização da união contribui para fortalecer os vínculos familiares, renovando o relacionamento entre pessoas que, na maior parte das vezes, moram juntas há vários anos.

“Nosso propósito é de ajudar as pessoas de baixa renda a realizar esse sonho do casamento. É uma parte da população que, muitas vezes, não tem dinheiro para custear esse tipo de documentação. E para deixar o momento ainda mais especial, nós fazemos questão de receber os casais e seus convidados em um ambiente bonito, agradável e todo decorado, como muitas pessoas sonham para esse dia inesquecível”, conclui Mayara Mendanha.

Fonte: Allan David / Foto: Claudivino Antunes

Deixe sua opinião

x

Veja também

Inscrições para 4º Casamento Comunitário seguem até dia 20 de setembro

Programa da Prefeitura de Aparecida, que está em sua 4ª edição, realiza sem custo a ...

%d blogueiros gostam disto: