Home / Mundo / Brasil / Cidades / Hospital do Câncer é projeto em Aparecida de Goiânia
Foto: Wigor Vieira - SMS

Hospital do Câncer é projeto em Aparecida de Goiânia

O Ministério da Saúde organizou na última quarta-feira (23) um evento destinado a estados e municípios brasileiros que tenham interesse em aderirem ao Programa Nacional de Radioterapia. O encontro foi realizado em Brasília, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Aparecida de Goiânia marcou presença representando Goiás, já que o município foi reconhecido pela Secretaria Estadual de Saúde e Ministério da Saúde como vazio assistencial.

A Chefe de Redes Temáticas Ciclos de Vida da Secretaria Municipal de Saúde Letícia Franco, representou o secretário de Saúde Edgar Tollini. Letícia também é uma das pessoas responsáveis pelo projeto na cidade e contou que o objetivo do encontro foi orientar aqueles que tiverem interesse em implantar ou ampliar da atenção oncológica em suas regiões e dar início as habilitações.

“Como o município já responde os critérios estabelecidos pelo Ministério para habilitação em cuidado integral às pessoas com câncer, bem como para expansão da radioterapia na região Centro-Oeste. O Ministério da Saúde e o Estado de Goiás reconhecem o município de Aparecida como vazio assistencial na área de oncologia. Outro quesito é ser cidade do interior com mais de 500 mil habitantes e que não possuir uma rede pública de tratamento oncológico”, explicou Letícia.

O prefeito Gustavo Mendanha fez questão de incluir o projeto do Hospital em seu plano de governo. “Acho que todas as pessoas já perderam ou conhecem alguém que perdeu um parente, ou um amigo, para o câncer. Os números são alarmantes. É por essa razão que esse projeto é tão importante e sensível à realidade que vivemos hoje. Estamos buscando a melhor forma de implantar esse serviço na cidade para que possamos oferecer o que há de mais moderno aos nossos pacientes”, frisou.

A ideia inicial é utilizar a área e a estrutura do Hospital Municipal e construir um anexo para os equipamentos e tratamento dos pacientes.  “Nossa proposta faz parte do plano de governo do prefeito Gustavo, que tem como foco a melhoria da assistência às pessoas com câncer. Os moldes de implantação ainda estão sendo discutidos pelos governos federal, estadual e municipal. Mas o fato mais importante é que a Secretaria Estadual de Saúde já reconheceu Aparecida como cidade apta a receber uma unidade desse porte”, destaca o secretário de Saúde Edgar Tollini.

O encontro foi organizado pelo Diretor de Atenção Especializada e Temática da Secretaria de Atenção à Saúde, Fernando Machado, o Coordenador Geral de Equipamentos e Materiais de Uso em Saúde, Thiago Rodrigues Santos e o coordenador Geral de Atenção Especializada Sandro José Martins.

 

Fonte: Ana Clara Dias – SMS
Foto: Wigor Vieira – SMS

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: