Home / Mundo / Brasil / Goiás / Habitação está entre as seis áreas do Governo de Goiás com maiores índices de avaliação positiva

Habitação está entre as seis áreas do Governo de Goiás com maiores índices de avaliação positiva

Habitação está entre as seis áreas do Governo de Goiás com maiores índices de avaliação positiva na Pesquisa Serpes/O Popular, realizada entre 30 de março e 5 de abril e divulgada esta semana. Dentre os 14 itens destacados na pesquisa, habitação obteve 72% de indicação positiva dos entrevistados, atrás de áreas como estradas, meio ambiente, infraestrutura, apoio à indústria e agricultura.

Na pesquisa, que é estimulada, habitação é apontada por 3,1% dos entrevistados como um dos principais legados da administração estadual. Para o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Cleomar Dutra, essa avaliação positiva é resultado da execução de políticas públicas bem planejadas, estruturadas em programas arrojados e eficientes, e principalmente com aporte de recurso garantido do Estado.

Segundo ele, desde 2003, com a criação do programa Cheque Moradia – transformado em 2011 em Cheque Mais Moradia para atuar em parceria com todos os programas municipais e federais de habitação – , Goiás consolidou uma ampla rede de parcerias com as prefeituras, entidades sociais e o governo federal. “Quem percorre o Estado de Goiás hoje encontra nos 246 municípios pelo menos um residencial construído com recursos do Cheque Mais Moradia”, destaca Cleomar Dutra.

Ele ressalta que foi fundamental a parceria do governo estadual para que o programa Minha Casa Minha Vida atingisse a capilaridade que tem hoje em Goiás, beneficiando principalmente os pequenos municípios. “Sou egresso da Caixa Econômica, onde atuei nos últimos 28 anos e vi essa revolução acontecer na habitação graças ao compromisso do Governo de Goiás em levar moradia de qualidade para as famílias que mais precisam. Essa avaliação positiva reflete o trabalho realizado pela Agehab, com construção e reforma de moradias, além de regularização fundiária urbana, com escrituração de imóveis”, pondera Cleomar Dutra.

Ao longo dos últimos 16 anos foram feitos pelo Governo de Goiás R$ 556,1 milhões de investimentos diretos em construção e reforma habitacional, com o programa Cheque Mais Moradia, beneficiando 133.818 famílias com casa própria e melhoria de moradias precárias.

Também foram entregues, gratuitamente, 20 mil escrituras do programa Casa Legal ao longo dos últimos sete anos e outras 30 mil estão em andamento na Agehab, resgatando-se uma dívida histórica com famílias moradoras de antigos assentamentos precários. Em casos emblemáticos como a região Noroeste de Goiânia, as famílias chegaram a aguardar 30 anos pela conquista da escritura, a exemplo da Vila Mutirão e Jardim Curitiba.

Além disso, cita o presidente da Agehab, Goiás é referência nacional em habitação de interesse social. O programa Cheque Mais Moradia serviu de modelo para outros estados e municípios e também inspirou o governo federal na criação do Cartão Reforma. A meta é avançar com a contratação de mais 30 mil unidades habitacionais até o final do ano para atender famílias com renda de até três salários mínimos nos 246 municípios. Frisa Cleomar Dutra que o combate ao déficit habitacional quantitativo e qualitativo é um dos compromissos do governador José Eliton.

Assessoria de Imprensa Agência Goiana de Habitação (Agehab)

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: