Home / Esporte / Goiás – Ricardo Verza relembra drama familiar e onde buscou forças para os gols

Goiás – Ricardo Verza relembra drama familiar e onde buscou forças para os gols

Autor dos dois gols do Goiás na vitória por 2 a 1 sobre o Sport, nesta quinta-feira (7), na Serrinha, o atacante Ricardo Verza, 22 anos, conversou com o repórter Thiago Rabelo, da Sagres 730, e demonstrou muita emoção ao relembrar dos momentos difíceis que passou nos últimos anos, quando perdeu pessoas queridas, fatos que atrapalharam no seu desempenho dentro dos gramados.

“Meu início de carreira foi muito difícil. Perdi meu pai há cinco anos e faz seis meses perdi minha esposa. Quero só agradecer pelos gols, que trazem a felicidade de volta”, lembrou Verza.

No caso de sua esposa, Vanussa, o atacante foi uma das vítimas de um acidente automobilístico que aconteceu no dia 30 de novembro, na rodovia RS 343, próximo à cidade de Sananduva. Na ocasião, Ricardo e o sogro, que dirigia veículo, não sofreram ferimentos graves, enquanto sua esposa, que estava no banco de trás sem o cinto de segurança, foi arremessada pra fora do carro e não resistiu.

“Fiz meu papel na terra pro meu pai e pra minha mulher. Sei que lá de cima estão me abençoando e agora jogo por eles, pela minha mãe e pelo meu irmão também”, disse o atacante, que também fez questão de lembrar da morte do pai, que foi no mesmo dia de um ídolo esmeraldino.

“Meu pai faleceu no mesmo dia do Fernandão. Ele era fanático no Internacional, fã dele. Eu vim para o Goiás, onde o Fernandão é ídolo, e quero fazer história como ele”, destacou Verza, que é gaúcho da cidade de Antônio Prado.

Sobre o dia a dia em Goiânia, Verza revelou que está em companhia da mãe, que veio do Rio Grande do Sul, para diminuir a saudade. Algo que tem contribuído para um bom desempenho no sub – 23 do Goiás. “Viver sozinho, longe da família, então trouxe minha mãe pra ficar 15 dias comigo. E hoje minha mãe foi pé quente, pois fiz os dois gols. Até conversei com ela, que eu não estava feliz pois não vinha marcando gols. Então esses dois foram fundamentais”, comemorou Verza, que começou no futsal. Depois passou pelo União Rondonópolis antes de acertar com o Goiás.

 Com três gols em três jogos no Brasileiro Sub – 23, Ricardo Verza não vê a hora de ter uma oportunidade no elenco principal. “Vejo como uma grande oportunidade, agarrei com tudo. Graças a Deus estou dando resultado dentro de campo. Peço todos os dias a Deus pra ter uma oportunidade como titular”, finalizou.

Fonte. Sagres Online/Wendell Pasquetto/Foto: Divulgação Goiás EC

Deixe sua opinião

x

Veja também

Goiás e Avaí encerram partida sem gols

O Goiás empatou com o Avaí na tarde desta quinta-feira (15), por 0 a 0, ...

%d blogueiros gostam disto: