Home / Mundo / Brasil / Goiás / Goiás pode ampliar exportação de frango para o Chile
Foto. Portal Agência Brasil.

Goiás pode ampliar exportação de frango para o Chile

O Estado de Goiás poderá ampliar as exportações de carne de frango para o Chile. Para isso recebe até a próxima quarta-feira, dia 04 de dezembro, uma missão integrada por especialistas chilenos que estão se reunindo com órgãos de defesa sanitária animal e efetuando visitas a unidades integradoras de produção de frango em quatro municípios do Estado. A vinda ao Brasil é resultado de convite formulado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), para certificação da sanidade do plantel avícola brasileiro. Além de Goiás, os chilenos visitarão também o Estado do Espírito Santo, para verificar e reconhecer esses dois Estados como áreas livres da doença de New Castle (também conhecida como pseudo peste aviária, pneumoencefalite aviária, disordem respiratório-nervosa e a nível internacional – Newcastle disease é uma enfermidade viral, aguda, altamente contagiosa).

Integram a missão o médico veterinário Fabián Lercero San Martin, do Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura do Chile e o médico veterinário Alvaro González Rubio, chefe do Departamento de Vigilância e Controle de Enfermidades da Divisão de Proteção Pecuária, do Departamento de Sanidade Animal do Ministério chileno. Na última segunda, dia 02,  pela manhã, eles se reuniram com dirigentes da Superintendência Federal da Agricultura em Goiás, com participação da médica veterinária Regina Célia de Freitas D’Arce, do Ministério da Agricultura, que veio a Goiás colaborar nos trabalhos, e do médico veterinário Cleverson Santos Acypreste, da SFA-Goiás.

Na Agrodefesa

No período da tarde, os especialistas do Chile participaram de reunião técnica na Agência Goiana de Defesa Agropecuária, órgão oficial de defesa sanitária animal no Estado. A Comitiva foi recebida pelo presidente José Essado, que explicou como funciona a Agência, suas unidades espalhadas pelo interior, as atividades e os programas que desenvolve no campo da defesa sanitária animal e vegetal. Ele também desejou que a missão chilena realize um trabalho profícuo e principalmente que, após os levantamentos técnicos, se certifique de que o Estado está apto a ampliar as exportações de frango para o seu País.

Ainda na Agrodefesa, o gerente de Sanidade Animal, Antônio do Amaral Leal, fez palestra sobre o perfil da avicultura goiana, falando sobre números da produção, participação na avicultura nacional, exportações, importância da avicultura para o agronegócio e para a economia de Goiás e outros pontos relevantes. Mas o foco principal foi demonstrar como o Serviço Veterinário Oficial procede na sua tarefa de assegurar a sanidade dos plantéis.

No aspecto eminentemente técnico ele mostrou de forma detalhada aspectos sobre procedimentos para vigilância ativa em aves de descarte; vigilância passiva nas aves sob suspeita de doença respiratória e nervosa; vacinação contra New Castle nas aves de reprodução e postura; registro de granjas de corte e postura pela Agrodefesa; veterinários habilitados e credenciados para emissão de Guias de Trânsito Animal – GTAs para aves e ovos férteis e trânsito interestadual dos pintinhos e ovos galados. 

Nesta terça e quarta, dia 03 e 04,  os chilenos farão visitas técnicas em unidades das granjas integradoras Nutriza, nos municípios de Ipameri e Pires do Rio e ainda na Super Frango em Itaberaí e Itaguari. Nesta etapa eles serão acompanhados pela coordenadora do Programa Estadual de Sanidade Avícola da Agrodefesa, médica veterinária Silvânia Andrade Reis e pelo representante da SFA-Goiás, Cleverson Acypreste. Nestas localidades, os integrantes da missão terão apoio também de profissionais das Unidades Regionais Rio Corumbá (Catalão) e Rio Vermelho (Goiás) da Agrodefesa. Após a visita a Goiás, a equipe chilena irá para o Espírito Santo.

Assessoria de Comunicação da Agrodefesa

Deixe sua opinião

x

Veja também

AGR e Governo de Goiás aprovam redução de preços de serviços na Saneago

O Conselho Regulador da Agência Goiana de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos (AGR) ...

%d blogueiros gostam disto: