Home / Esporte / Goiás deixa o G-4 depois de derrota para o Vila

Goiás deixa o G-4 depois de derrota para o Vila

Durou pouco a passagem do Goiás pelo G-4. O time que vinha de três vitórias seguidas e duas rodadas consecutivas entre os quatro melhores da Série B, voltou ao Serra Dourada para enfrentar o Vila Nova/GO e foi derrotado por 3×0, em uma partida marcada pela péssima atuação do time esmeraldino, que foi a campo com uma escalação diferente das anteriores, com a entrada de Felipe Gedoz no time titular. A mudança não funcionou. Para piorar, a equipe voltou do intervalo, mesmo perdendo o jogo, com a mesma formação que fracassou na etapa inicial e permaneceu inerte no segundo tempo. O time entrou em campo “relaxado”, passivo e muito desorganizado. Desperdiçou as poucas chances de gols que teve. E ainda viu adversários diretos na briga pelo acesso vencerem seus confrontos.

Com o resultado, o Goiás saiu do G-4, caindo para a 5ª colocação, com 36 pontos, um a menos que o 4º colocado Atlético/GO. À nossa frente temos, ainda, o Fortaleza (43), que ainda não jogou na rodada, o CSA (40) e o Avaí (39).

O jogo

O primeiro tempo foi marcado por um certo equilíbrio, mas com o Vila Nova chegando mais ao ataque e arriscando chutes de fora da área e cruzamentos. Tanto que o Goiás só chegou perto do gol adversário aos 40 minutos. Michael recebeu passe na entrada da área, passou por Diego Giaretta com um toque sútil, e bateu forte, no canto direito do goleiro Pasinato, que fez grande defesa, espalmando a bola. Lucão não estava atento e desperdiçou a chance do rebote. Aos 46, Michael recebeu a bola pela direita, próximo à lateral e quando todos esperavam o cruzamento, ele mandou para o gol e quase enganou o goleiro adversário, que mais uma vez se esticou para fazer a defesa. A bola tinha endereço.

Quando parecia que o Goiás estava entrando no jogo, o Vila Nova abriu o placar. Aos 47, Alan Mineiro recebeu pela esquerda, na entrada da área, tirou da marcação de Gilberto e bateu para o gol. A bola passou por baixo do goleiro Marcos, que já havia defendido bola semelhante nesse jogo: 1 a 0 Vila Nova.

Na volta do intervalo, o esquema tático, que não tinha funcionado no primeiro tempo, foi mantido. Moral da história, aos 15, Mateus Anderson recebeu a bola na área, após lançamento da intermediária, com a defesa parada em linha, e cruzou para Alex Henrique livre de marcação, que só empurrou para o gol. 2 a 0 Vila Nova.

A partir daí, Ney Franco mandou a campo Rafinha e Maranhão, mas o Goiás não reagia. Em uma das raras chances de gols esmeraldina, aos 33 minutos, após cobrança de falta, a bola sobrou na pequena área do Vila para Alex Silva de costas para o gol, que estava livre, mas o lateral já girou batendo, sem olhar para o gol, e mandou para fora. Aos 38 minutos, o adversário ainda marcou o terceiro com Hélder, após cruzamento de Léo Itaperuna, com a defesa do Goiás novamente plantada e marcando em linha. 3×0 para o Vila Nova.

Aos 39, o Vila Nova teve o lateral Maguinho expulso, após falta em Michael, na entrada da área, cuja cobrança foi desperdiçada por Rafinha. Ney Franco ainda mandou Júnior Viçosa a campo, aos 42 minutos do segundo tempo. Mas o time que não tinha jogado nada, preferiu não mudar seu ritmo. Para piorar, o jogo que teve várias paralisações na etapa final, com substituições, contusões e simulações de contusões, além de dois gols, contou apenas com 04 minutos de acréscimo, encerrando-se aos 49 minutos. Como não tinha poder de reação no jogo, o time esmeraldino pouco reclamou. Final: derrota do Goiás por 3×0 no Serra Dourada.

Agora é aguardar o próximo jogo, daqui a uma semana, contra o líder Fortaleza. O jogo será no sábado, às 19h00, no Estádio Olímpico.

FICHA TÉCNICA

20ª Rodada do Campeonato Brasileiro da Série B

VILA NOVA 3 X 0 GOIÁS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO). Data: 25 de agosto de 2018 (sábado). Horário: 16h30 (de de Brasília)

Arbitragem de Anderson Daronco, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi, todos do Rio Grande do Sul (RS).

Cartões amarelos: Wesley Matos e Maguinho (Vila Nova). Cartão vermelho: Maguinho (Vila Nova)

Gols: Alex Mineiro, aos 47 minutos do primeiro tempo; Alex Henrique, aos 15 minutos do segundo tempo, e Hélder, aos 38 minutos do segundo tempo.

VILA NOVA: Matheus Pasinato; Maguinho, Wesley, Giaretta, Gastón; Moacir, Heitor, Mateus Anderson (Léo Itaperuna); Alan Mineiro (Anderson Luis), Vinícius Leite (Hélder), Alex. Técnico: Hemerson Maria.

GOIÁS: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte, Ernandes; Giovanni (Maranhão), Gilberto Jr., Renato Cajá (Júnior Viçosa); Felipe Gedoz (Rafinha), Michael e Lucão. Técnico: Ney Franco.

Esmeraldino.com

Deixe sua opinião

x

Veja também

Plano de retomada do Futebol: Governo do RJ prevê 50% de capacidade em estádios e distância de 2m entre torcedores

Lotação máxima de 50% da capacidade total dos estádios e distância mínima de 2 metros ...

%d blogueiros gostam disto: