Home / Mundo / Brasil / Cidades / ESTACIONAMENTO – Cartão Azul Digital será operacionalizado por aplicativo e vai beneficiar usuários e comércio
Foto. Reprodução

ESTACIONAMENTO – Cartão Azul Digital será operacionalizado por aplicativo e vai beneficiar usuários e comércio

Com a nova mobilidade, Área Azul subirá de 3600 para 11 mil vagas no Centro e em Campinas na primeira etapa

A implantação do Estacionamento Rotativo Eletrônico Pago – Área Azul em Goiânia por meio de aplicativo foi tema de audiência pública realizada pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMT) nesta terça-feira (23/7).

O encontro realizado no auditório da Acieg, Setor Oeste, reuniu representantes de órgãos e entidades da administração pública, dirigentes e representantes de empresas privadas e de organizações da sociedade civil e representantes da comunidade acadêmica.

Participaram da mesa diretiva, o secretário Fernando Santana (SMT); o Luiz Antonio Ribeiro, do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Goiânia – Codese; Zenildo Dias do Vale, vice-presidente da Fecomércio e presidente do Sindicato das Revendedoras de Gas do Centro-Oeste; Georgia Borba, da Acieg; o chefe da advogacia Setorial da SMT, Neylismar Luiz Francisco Neto, e o vereador Anselmo Pereira. 

Segundo o secretário Fernando Santana, a audiência é uma ferramenta pública e democrática que faz parte do processo que já vem sendo elaborado pela Prefeitura há pelo menos um ano. Além de apresentar a proposta da concorrência pública e os detalhes do projeto, a SMT ouviu perguntas e sugestões dos participantes. 

O objeto do processo da SMT é a concessão onerosa na modalidade de concorrência pública, melhor solução técnica de exploração e preço/condições como compensação, para gestão do monitoramento e exploração de vagas de estacionamento rotativo eletrônico pago, denominado “Área Azul” incluindo implantação, operação, monitoramento e administração por meio de controle informatizado e automatizado que será denominado de Solução de Estacionamento Digital (SED) no Município de Goiânia. ‘Isso vai trazer conforto para o usuário e sustentabilidade para o comércio’, afirma o secretário Fernando Santana (SMT). 

Goiânia dispõe atualmente de 3.600 vagas de área Azul no Setor Central (1700) e no Setor Campinas (1900), controladas pelo sistema de cartões impressos, com a implantação do aplicativo a proposta inicial da prefeitura é expandir para 11 mil vagas na mesma região, onde há um comercio intenso.

Numa próxima fase, a expansão visa atingir 30 mil vagas na áreas de concentração comercial dos Setores Recanto do Bosque, Vila Finsocial, Jardim Nova Esperança, Residencial Eldorado, Setor Novo Horizonte,Setor Marechal Rondon, Setor Centro Oeste, Coimbra, Bueno, Oeste, Marista, Aeroporto, Sul, Pedro Ludovico, Jardim Goiás, Alto da Glória, Agua Branca, Leste Universitário, Vila Nova, Norte Ferroviário. De acordo com o gestor da SMT, a primeira etapa do projeto deve levar um ano para ser operacionalizada, entre a licitação demarcação das áreas, numeração das vagas e implantação. ‘O controle eletrônico de estacionamentos é uma alternativa das cidades modernas, sendo que atualmente mais de 15 capitais estão em processo de implantação dessa modalidade de monitoramento das vagas, que proporciona rotatividade e beneficia o comércio local’ explica Fernando Santana (SMT).

Fotos: Edilson Pelicano/Secom 

Ele observa que o projeto contribui ainda para a mobilidade na cidade uma vez que garante estacionamento para todos. ‘Essa modalidade de estacionamento  vai trazer conforto e segurança para os usuários e Goiânia será exemplo para o País’, concluiu. Vice-presidente da Fecomércio, o empresário Zenildo Dias do Vale acha que a a ampliação da Área Azul vai beneficiar o comércio uma vez que vai permitir a rotatividade do estacionamento.

‘O aplicativo vai ser muito bom, vai ganhar o consumidor que vai encontrar lugar para estacionar e o comerciante que precisa vender’, definiu. Como vai funcionar O projeto prevê que a Área Azul passará a funcionar pelo aplicativo Solução de Estacionamento Digital (nos sistemas IOS e Android). Dessa forma usuário poderá fazer o download e cadastrar seu veículo ( uma ou mais placas).

Mas se a pessoa não tiver o aplicativo ela também poderá comprar o crédito para estacionar com os montiores que estarão fazendo a fiscalização por área, por terminais de venda que serão instalados ou em pontos de venda no comércio local, como já acontece com os cartões de Área Azul. Ao obter o Cartão Azul Digital,  será necessário selecionar a vaga e associar à placa do carro, escolhendo o tempo de estacionamento (1 ou 2 horas), com confirmação via SMS. Hoje, o valor na Área Azul em Goiânia varia entre R$ 1,50 na primeira hora e R$ 2,50 na segunda hora, sem reajuste desde 2014.

A arrecadação é destinada a melhoria do transporte coletivo e do trânsito na capital. Principais benefícios Assegurar a rotatividade das vagas Contribuir na sustentabilidade e manutenção do comércio Modernizar e expandir o sistema Área Azul Auxiliar o Poder Público na fiscalização e na mobilidade urbana Aplicar recursos tecnológicos facilitando a vida do cidadão.

Fonte. Portal da Prefeitura de Goiânia / Da Editoria de Trânsito

Deixe sua opinião

x

Veja também

Emenda parlamentar do deputado Professor Alcides incrementa em R$ 2 milhões o custeio da Média e Alta Complexidade de Aparecida

A Prefeitura de Aparecida recebeu um importante reforço para ajudar nas despesas de custeio da ...

%d blogueiros gostam disto: