Home / Uncategorized / Cheque Reforma vai ajudar a combater déficit de acessibilidade residencial em Goiás

Cheque Reforma vai ajudar a combater déficit de acessibilidade residencial em Goiás

A participação da Agência Goiana de Habitação no Programa Goiás na Frente Terceiro Setor – Social foi anunciada durante lançamento nesta quinta-feira (19). Renda Cidadão e Jovem Cidadão também vão integrar o programa, que vai atender até o final de 2018 todas as famílias cadastradas em situação de vulnerabilidade social

O programa Goiás na Frente Terceiro Setor – Social foi lançado hoje (19) em solenidade no Colégio Militar  Ayrton Senna, no Jardim Curitiba, pelo governador Marconi Perillo e vice-governador José Eliton, coordenador do programa e do presidente da Agehab, Luiz Stival.  No total, são R$ 60 milhões em investimentos para entidades sociais, que a partir do lançamento, devem se cadastrar para receber o benefício, viabilizado por meio do programa Cheque Mais Moradia, modalidade Reforma. Elas devem assinar termo de adesão ao programa para celebrar convênios com a Agehab.

Entre as várias ações do Goiás na Frente Terceiro Setor, o governador Marconi Perillo anunciou o aporte de recursos para que a Agehab efetue, em parceria com as entidades, reforma e melhoria de 10 mil moradias precárias até o final de 2018. A ação visa combater o déficit qualitativo de moradias, com prioridade de atendimento para famílias com portadores de necessidades especiais. O valor individual do Cheque Reforma é de R$ 3 mil, destinado exclusivamente à aquisição de material de construção.

O governador Marconi Perillo falou da importância da rede de proteção para as famílias carentes. “São mais de 20 programas e ações sociais criadas na minha gestão. É preciso cuidar do desenvolvimento econômico, da geração de empregos, mas também do social, cuidar de quem mais precisa. Ajudar as entidades que fazem esse trabalho social é fundamental para as famílias”, salientou Marconi.

O presidente da Agehab, Luiz Stival, destacou que a participação das entidades é fundamental para que esses benefícios cheguem às comunidades que mais precisam. “Valorizamos muita a política de parceria. As entidades apresentam as demandas e assumem o cadastramento das famílias, que depois passa pela aprovação da Agehab, com base nos critérios legais. O Estado aporta os recursos e fiscalizamos a execução das obras”, frisou Stival.

A Agehab, que já executa ações do Goiás na Frente Habitação, também passa a integrar o Goiás na Frente Terceiro Setor. O lançamento foi realizado no Jardim Curitiba, um dos 13 bairros da região Noroeste de Goiânia regularizado pelo Governo de Goiás, por meio da Agehab, com o programa Casa Legal, criado em 2011 para legalizar e escriturar, gratuitamente, imóveis implantados em áreas urbanas de domínio do Estado. Já foram entregues cerca de 10 mil escrituras do Casa Legal na região.

Assessoria de Imprensa
Agência Goiana de Habitação (Agehab)
(62) 3096.5015/5016/8138-2485/9602-3323

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: