Home / Mundo / Brasil / Cidades / CEI das Obras Paradas em Goiânia convoca donos das construtoras que deram prejuízo de mais de R$ 20 milhões aos cofres públicos
Segundo o parlamentar, as empresas abandonaram os trabalhos após decretarem falência. “Não podemos aceitar esse prejuízo de mais de 20 milhões. Foto. Reprodução/Internet

CEI das Obras Paradas em Goiânia convoca donos das construtoras que deram prejuízo de mais de R$ 20 milhões aos cofres públicos

O vereador Delegado Eduardo Prado (PV), relator da Comissão Especial de Inquérito (CEI) das Obras Paradas, solicitou durante reunião da comissão na tarde desta terça-feira, 17, a convocação dos proprietários das empresas Almeida Prado LTDA e Casa Alta LTDA. As construtoras eram responsáveis pela execução dos 13 Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) que estão com as obras paralisadas.

Segundo o parlamentar, as empresas abandonaram os trabalhos após decretarem falência. “Não podemos aceitar esse prejuízo de mais de 20 milhões. Inclusive, solicitei os valores que já foram pagos a essas construtoras, já que, segundo o secretário de Educação e Esporte Marcelo Costa,  alguns Cmeis já estão praticamente concluídos”, explica Prado.

De acordo com o relator, há mais de 40 pedidos para vagas em Cmeis mensalmente em seu
gabinete. “São mães desesperadas que não têm com quem deixar seus filhos. Foto. Gabinete/Jackeline Osório.

Eduardo Prado também pedirá a convocação da procuradora-geral do município, Ana Vitória
Caiado, para esclarecer quais foram as medidas judiciais tomadas contra as empresas vencedoras da licitação que abandonaram as obras dos Cmeis. “Precisamos saber quais foram as ações efetuadas diante da desistência das duas empresas. As multas por não cumprimento do contrato foram pagas?”, questiona Prado.

De acordo com o relator, há mais de 40 pedidos para vagas em Cmeis mensalmente em seu
gabinete. “São mães desesperadas que não têm com quem deixar seus filhos. Muitas
abandonaram o emprego por não terem condições de pagar um local para seus filhos ficarem. E
tem obras de Cmeis que estão paralisadas há mais de cinco anos que se tornaram local de tráfico
de drogas e espaço para assaltos e abusos”, diz.

Para Eduardo Prado a educação tem que ser prioridade no município, pois o investimento na área está intimamente ligado à diminuição da criminalidade. “A falta de educação faz aumentar consideravelmente a violência. Por isso, estamos priorizando nesse primeiro momento da CEI as obras paradas dos Cmeis”, esclarece.

Próximas ações

Na próxima terça-feira, 24, os vereadores irão conferir in loco as obras dos Cmeis dos setores
Buena Vista III e Cerrado IV, que, segundo o secretário de Educação e Esporte, estão com 90%
das obras concluídas. Serão convidados para a visita o secretário municipal de Educação e
Esporte, Marcelo Costa, o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Dolzonan Mattos, e o
presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás.

 

Assessora de Comunicação – Jackeline Osório

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: