Home / Mundo / Brasil / Cidades / Câmara propõe comissão para ajudar na regularização dos camelôs que atuam nos terminais

Câmara propõe comissão para ajudar na regularização dos camelôs que atuam nos terminais

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Andrey Azeredo (MDB), propôs a criação, durante a Sessão Plenária da manhã desta quinta-feira, 10, de uma comissão da Casa, sob o comando do vereador Cabo Senna (PRP), para pleitear a regularização dos camelôs que atuam nos terminais de Goiânia na Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC). O grupo irá àquela instituição em busca de uma solução definitiva para os vendedores ambulantes, que estão sendo retirados dos terminais e plataformas de ônibus devido à legislação que proíbe esse tipo de comércio nesses locais.

Nesta quinta-feira, vários camelôs, convidados por Cabo Senna, foram à Câmara pedir o apoio dos vereadores para que eles possam continuar trabalhando nos terminais. Os líderes da categoria, Paulo Henrique da Silva e Eliane Nazaré Monteiro da Silva, usaram a Tribuna Livre do Plenário e relataram que estão sendo expulsos pela Polícia dos locais de trabalho, muitos estão até passando fome e sendo presos como malfeitores. “Não somos bandidos. Somos trabalhadores. Precisamos, portanto, do apoio desta Casa”, frisou Paulo Henrique.

Solução definitiva

Após a fala dos líderes, Andrey declarou total apoio dele e da Câmara para os camelôs e disse: “Se vocês estão trabalhando, vendendo, e querem permanecer, é porque há clientela, existe um mercado. Cabe então à CMTC, que é o órgão responsável, buscar uma solução em definitivo junto com quem opera nos terminais para que de fato conceda a licença e a regularização da atividade de vocês para que possam trabalhar legalizados.”

Preocupado com as condições de trabalho e a integridade física dos ambulantes, o presidente enfatizou: “E que vocês não fiquem do lado de fora, beirando grades, no sol e às vezes até tomando pancadas. O que proponho aqui, e sei que terei o apoio dos meus pares, é que nós possamos, sob o comando do vereador Cabo Senna, montar uma comissão para ir junto com vocês à CMTC.”

400 famílias

A fala de Andrey foi muito aplaudida pelos camelôs e por parlamentares e ele recebeu elogios e agradecimentos do vereador Cabo Senna, que comemorou o apoio e a determinação do presidente em ajudar os trabalhadores. “São 400 famílias que precisam trabalhar para garantir o seu sustento”, destacou Senna.

Andrey também lembrou que o vereador Clécio Alves (MDB) é o representante da Casa na Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC) e que pode levar a questão para ser debatida no órgão. Clécio se prontificou a ajudar e se comprometeu a levar a pauta de reivindicações dos camelôs na próxima reunião do Conselho.

 

Assessoria de imprensa da Presidência

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: