Home / Mundo / Brasil / Cidades / Audiência Pública conscientiza sobre o perigo e a importância da prevenção do Benzeno
Foto: Enio Medeiros

Audiência Pública conscientiza sobre o perigo e a importância da prevenção do Benzeno

O trabalho direto com substâncias perigosas pode causar sérios danos à saúde. E para discutir e conscientizar sobre esses perigos, foi realizada nesta sexta-feira, 24,  uma audiência pública para tratar do contato que os trabalhadores de postos combustíveis têm o o Benzeno. A reunião contou com a participação dos  trabalhadores desses locais e seus representantes com a Secretaria de Saúde de Aparecida de Goiânia, por meio da Superintendência em Saúde, Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público de Goiás (MP-GO), Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços e Combustíveis e Derivados de Petróleo (Sinpospetro-GO).

O objetivo da audiência foi o de negociar a implantação de programas de prevenção dos agravos e riscos ocupacionais, além da regularização das atividades e a necessidade de edição de normas técnicas no âmbito da saúde para preservar os trabalhadores. Todos os presentes na mesa de discussão destacaram destacaram a importância da implantação de programas de prevenção dos agravos e riscos ocupacionais e ações efetivas de vigilância para a saúde da população exposta ao benzeno, substância considerada cancerígena.

Segundo a Gerente de Vigilância de Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador, Tânia Vaz, não existe outra opção que substitua o uso do gás benzeno, porém, medidas protetivas podem ser tomadas para evitar que essa substância cause danos para a população. “É importante a conscientização da população para os riscos causados pelo produto químico, principalmente para os frentistas que tem contato direto. Mas existem maneiras de diminuir esse contato corrigindo alguns erros na forma de trabalho, assim conseguiremos melhorar as condições de trabalho e saúde dos profissionais e também dos usuários dos postos”.

O Procurador Chefe do Ministério do Trabalho em Goiás, Tiago Ranieri, apoia iniciativas como esta pelo bem da saúde dos trabalhadores. “Nossa ideia aqui hoje foi a de poder discutir esse tema do benzeno com os empresários, donos e com o próprio trabalhador dos postos de combustíveis, para que possamos construir uma solução em conjunto que evite a aplicação de multas e a responsabilização do postos de combustíveis. E estamos pensando na saúde e no meio ambiente, pois a contaminação do lençol freático também é um risco”, acrescentou o procurador, destacando os benefícios dessa ação e que as fiscalizações começarão a ser feitas a partir da próxima semana.

Substância  

O Benzeno é considerada a quinta substância de maior risco à saúde segundo critérios do programa das Nações Unidas de Segurança Química. Além de ser encontrada na gasolina, o benzeno é utilizado em indústrias químicas e laboratórios e encontrado em parques petroquímicos, de refino de petróleo, nas companhias siderúrgicas e outros. A substância oferece riscos e efeitos agudos e crônicos como sonolência, cefaleia, convulsões, leucemia, doenças respiratórias, alterações cromossômicas e neurológicas, etc. E uma das formas de se prevenir contra as complicações causadas por essa substância, é desconstrução da cultura do consumidor de abastecer seus veículos até a tampa.

Fonte: Ruslayra Peixoto
Foto: Enio Medeiros

Deixe sua opinião

x

Veja também

Sem apoio: sobre medidas contra coronavírus, Caiado se reunirá com prefeitos nesta segunda-feira (18/5) às 18h

O governador Ronaldo Caiado anunciou, na tarde deste domingo (17/5), que irá se reunir com ...

%d blogueiros gostam disto: