Home / Esporte / Atlético-GO – “Foi bem frustrante, assim como foi nosso vestiário após o jogo. Nós sentimos bastante”, diz autor do gol
Reginaldo marcou o gol do Atlético-GO (Foto: Paulo Marcos/Ass ACG)

Atlético-GO – “Foi bem frustrante, assim como foi nosso vestiário após o jogo. Nós sentimos bastante”, diz autor do gol

Por muito pouco, o Atlético não venceu o líder da Série B e encostou de vez na primeira colocação da competição. O time rubro-negro vencia o Bragantino até os 48 minutos da etapa final quando, no último lance da partida, Roberson empatou para a equipe paulista. Após o apito final, Reginaldo, autor do gol do Dragão no primeiro tempo, classificou a igualdade como frustrante. 

“Foi bem frustrante, assim como foi nosso vestiário após o jogo. Nós sentimos bastante”, afirmou o atleta. Ele ainda destacou que o Atlético fez um bom jogo, mas que a desantenção nos minutos finais custou a vitória. 

“Nós já prevíamos que seria um jogo difícil. Conseguimos fazer o gol e ter o domínio do jogo, mas quando você joga contra um adversário qualificado como o Bragantino você não pode errar, a margem de erro tem que ser beirando zero. Fizemos um bom jogo, nos desconcentramos no final e fomos penalizados com aquele gol. Agora não tem muito o que lamentar não, temos que sentir hoje e depois já pensar no Criciúma”. 

E o gol rubro-negro saiu justamente dos pés de Reginaldo. Lateral de ofício, ele vem sendo utilizado por Wagner Lopes como um ponta pela direita. Contra o Bragantino, foi neste setor que recebeu a bola e emendou um chute cruzado que abriu o placar no Antônio Accioly. 

A função exercida hoje por Reginaldo foi o grande destaque do Atlético no Campeonato Goiano, mas com Matheus como protagonista. No entanto, nas últimas rodadas, o meia acabou perdendo espaço e Reginaldo ganhou a oportunidade. Jogando bem, Reginaldo revelou estar adapatado a nova função e fez questão de elogiar Matheus e exaltar a disputa com o companheiro. 

“Estou confortável (na posição), o professor Wagner e todo o elenco estão me dando o maior apoio. Assim como o Matheus também, ele é meu amigo. O futebol é momento e a gente sabe que quando não estamos em um bom momento, temos que respeitar e dá vez a outro companheiro e é assim que está acontecendo. O Matheus é um grande jogador e eu não tenho dúvida que ele vai nos ajudar bastante nesta Série B. Ele é um craque de bola, vai nos ajudar muito e enquanto eu estou jogando ali, tento dar o meu melhor para ajudar a equipe e tenho certeza que quando ele jogar ele também vai dar o seu melhor para ajudar da melhor forma possível”, explicou Reginaldo.

Fonte. Sagres Online / Nathália Freitas

Deixe sua opinião

x

Veja também

Mesmo com reservas, Brasil vence na Copa do Mundo de vôlei

Vitória sobre Tunísia deixa equipe de Renan dal Zotto perto do título Com uma equipe ...

%d blogueiros gostam disto: