Home / Mundo / Brasil / Goiás / Assinado protocolo de instalação de distrito industrial privado em Santo Antônio do Descoberto

Assinado protocolo de instalação de distrito industrial privado em Santo Antônio do Descoberto

O Grupo J Fleury Assessoria e Consultoria Imobiliária irá investir R$ 90 milhões na construção do empreendimento. A Previsão é a geração de três mil empregos diretos e indiretos.

O Governo de Goiás anunciou nesta última quarta-feira, dia 03, um novo investimento na região do Entorno do Distrito Federal. O governador Ronaldo Caiado assinou Protocolo de Intenção para a instalação do Distrito Industrial Sete Curvas, que ficará a cargo da J Fleury Assessoria e Consultoria Imobiliária, que irá investir R$ 90 milhões em Santo Antônio do Descoberto com a construção do empreendimento. A previsão é que três mil novos empregos diretos e indiretos sejam gerados com a implantação e o funcionamento do Distrito Industrial. “Quando vejo um projeto dessa dimensão, mostrando uma arquitetura moderna, um dimensionamento correto, isso me alegra muito. Me deixa convencido que vamos mudar o perfil do Entorno de Brasília”, destacou o governador.

Ronaldo Caiado durante assinatura de Protocolo de Intenção para a instalação do Distrito Industrial Sete Curvas, em Santo Antônio do Descoberto.


O novo empreendimento será construído em uma área de 99 hectares, às margens da rodovia BR-060, por meio de investimento particular. Ao terminar toda a infraestrutura, o grupo ficará responsável por fazer a atração de indústrias e empresas na área de logística, tecnologia, confecção e serviços. O espaço terá terrenos de 500 a 50 mil metros quadrados.

“Não tem gesto maior de atendimento aos problemas sociais do que dar emprego ao cidadão. Oferecer oportunidade de ele ter carteira assinada, salário e a possibilidade de dar dignidade a sua família”, disse o governador. A criação do distrito vai ao encontro de um dos pontos constantes em seu plano de governo. “Tenho o compromisso de lutar para combater as desigualdades regionais no Estado de Goiás. A cidade de Santo Antônio do Descoberto vê mais de 30 mil pessoas por dia se deslocando para Brasília, sem estrutura de transporte e saem de casa na madrugada”, apontou.

Caiado garantiu agilidade, no que depender do Governo de Goiás, para a instalação das novas empresas no Estado. E determinou que, respeitando as regras e exigências legais, todas as secretarias devem conceder o mais breve possível as autorizações necessárias aos novos empreendimentos. O objetivo é que o grupo possa cumprir o cronograma de investimentos e que o Distrito Industrial Sete Curvas se consolide na região.

Os empreendedores comemoraram a receptividade do Governo de Goiás. “Quero parabenizar as iniciativas que encontramos no âmbito da Secretaria de Indústria e Comércio do Estado. Uma proatividade que a gente não encontra em Estado nenhum, inclusive no Distrito Federal, de onde somos oriundos”, sublinhou Juliano Fleury, diretor-presidente do grupo da J Fleury Assessoria e Consultoria Imobiliária. Para ele, a região da BR-060 já tem vários projetos e cases de sucessos. “O outlet é um deles, mas não viemos para concorrer, viemos para somar”, assinalou.

Segundo Juliano Fleury, o conceito do empreendimento é diferenciado e terá uma diversificação de áreas de atuação para quem investir no distrito industrial. “Estamos trazendo um polo de atração, através do condomínio, além do segmento de indústria, comércio, serviços, tecnologia’. Ele contou que já está marcado um pré-lançamento no próximo dia 13 de julho, durante o 2º Fórum de Desenvolvimento Econômico de Santo Antônio do Descoberto. Com o loteamento da área, estarão disponíveis no local espaço para abrigar até 70 empresas.

Secretário de Indústria e Comércio, Wilder Morais explicou a importância dos investimentos. Destacou que o município tem a terceira menor renda per capita do Estado, apesar de ser uma cidade com 70 mil habitantes. “A região do Entorno de Brasília não tem sequer um terço do investimento de que precisa para crescer. É uma satisfação e alegria essa assinatura de protocolo para o Entorno. O governador sabe das necessidades e nossa Secretaria tem feito um grande esforço para levar emprego e renda para toda a região”, reforçou.

O prefeito de Santo Antônio, Adolpho Roberto, classificou a BR-060 como um corredor de desenvolvimento e disse que a instalação do distrito industrial na cidade abrirá um grande mercado consumidor e de potenciais clientes de Brasília. “Isso vai propiciar desenvolvimento, e como disse o governador Ronaldo Caiado, justiça social, que é a geração de emprego e renda, promoção de trabalho e qualidade de vida para o Entorno”, assegura.

A assinatura de protocolo foi prestigiada por representantes do setor produtivo. O presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, elogiou o governo por ter dinamismo e estar em um ritmo frenético para atração de novos investimentos. “O secretário Wilder não tem perdido viagem por nada. Isso mostra que o governador dá esse respaldo e participa dos eventos, trabalha e cria condições”, afirmou. Ele também colocou o sistema “S” à disposição do grupo investidor. “No que depender de treinamento, pode nos acionar. Conte com a gente 100% e conte com o Governo de Goiás e o governador”, reafirmou Mabel.

Presidente da Adial, Otávio Lage Filho ressaltou que esses novos investimentos trazem desenvolvimento e qualidade de vida. “É uma beleza a gente ver as pessoas acreditando no Estado e investindo. Isso, logicamente, é pela credibilidade que tem o governador, pelo esforço que Ronaldo Caiado está fazendo. Todos nós temos que colaborar e vencer essa crise pelo trabalho”, completou.

Balanço

Com essa assinatura, o Governo de Goiás chega a 44 empresas que desejam se instalar no Estado nestes primeiros seis meses de gestão. Isso significa a expectativa de investimentos na ordem de R$ 2,3 bilhões, com previsão de geração de 25 mil empregos diretos e indiretos. Assim que as empresas estiverem operando na capacidade idealizada pelos empresários, haverá um incremento de 400 milhões de reais anuais em ICMS e de R$ 8 bilhões no PIB.

Portal Goiás Agora/Governo de Goiás

Deixe sua opinião

x

Veja também

Alimentação: Dicas para não por tudo a perder nas festas de fim de ano

Para o nutrólogo Ribamar Cruz, manter a regularidade das refeições, não ir para os eventos ...

%d blogueiros gostam disto: