Home / Esporte / “Ás vezes eu fico até um pouco chateado porque não entendo a torcida do Goiás”, Tiago Luís comemora gol contra Ponte e desabafa.
“Feliz, individualmente falando. Eu precisava, sei da pressão que nós temos, mas eu sempre procurei trabalhar firme, com humildade, sempre respeitando quem está jogando e quando tiver essa oportunidade procurar agarrar”, comemorou Tiago. Foto. Reprodução/Site Goiás Esporte Clube.

“Ás vezes eu fico até um pouco chateado porque não entendo a torcida do Goiás”, Tiago Luís comemora gol contra Ponte e desabafa.

Contratado no ano passado para ser a grande referência no meio campo do Goiás, Tiago Luís acabou perdendo espaço no time esmeraldino nesta temporada 2018. Com apenas 22 jogos no ano, sendo o 14º nesta Série B, o atleta ganhou a oportunidade de começar entre os titulares nas duas últimas partidas do Goiás, contra Atlético e Ponte Preta, sendo que neste último, balançou as redes marcando o primeiro gol esmeraldino no duelo.

Este foi também o primeiro gol de Tiago na competição e apenas o segundo no ano. A última vez que havia marcado, ainda no Campeonato Goiano, foi no dia 8 de abril, vitória por 3 a 1 sobre a Aparecidense. Fim do jejum para o meia.

“Feliz, individualmente falando. Eu precisava, sei da pressão que nós temos, mas eu sempre procurei trabalhar firme, com humildade, sempre respeitando quem está jogando e quando tiver essa oportunidade procurar agarrar”, comemorou Tiago.

Com o placar adverso no começo da partida, a torcida começou a ficar impaciente e vaiar alguns atletas. Além do lateral Alex Silva e do goleiro Marcos, antes de marcar o primeiro gol do Goiás na partida, Tiago revela que também foi alvo das críticas vindas da arquibancada.

“Ás vezes eu fico até um pouco chateado porque não entendo a torcida do Goiás. No jogo passado saíram gritando meu nome, neste jogo, perdendo de 2 a 0, não sabia o que tinha feito de errado, o torcedor já me vaiando. A gente também escuta o que está acontecendo fora de campo e a gente batalha, não estamos ali de sacanagem, estamos tentando fazer o melhor, só que as vezes tem o receio, a falta de confiança, tudo gera um fator para a pessoa estar bem”, desabafou o jogador.

Time que mais virou partidas dentro da competição nacional -6 no total-, o Goiás não conseguiu repetir o feito contra a Ponte Preta. Apesar disso, com os resultados da rodada, o Verde chegou à vice-liderança da Série B. Desta forma, o atleta prefere valorizar o ponto conquistado contra o time paulista.

“Importante ressaltar um pouco a qualidade da equipe e a perseverança de buscar o empate. A gente sabia que a Ponte Preta era um equipe difícil, mas não esperávamos os dois gols no começo da partida. Isso nos deixou um pouco frustrados pelo fator casa onde a gente vem jogando muito bem, não conseguimos virar, mas também sabemos que 2 a 0 é um placar difícil de empatar e virar, mas a equipe está de parabéns pela determinação, superação. Acho que o empate foi bom pela circunstância do jogo”, destaca Tiago Luís.

 

Fonte. Sagres Online

Deixe sua opinião

x

Veja também

Plano de retomada do Futebol: Governo do RJ prevê 50% de capacidade em estádios e distância de 2m entre torcedores

Lotação máxima de 50% da capacidade total dos estádios e distância mínima de 2 metros ...

%d blogueiros gostam disto: