Home / Mundo / Brasil / Cidades / Anel Viário da BR-60 é debatido em audiência pública promovida pelo vereador William Panda
Foto. Reprodução do Portalgo020

Anel Viário da BR-60 é debatido em audiência pública promovida pelo vereador William Panda

Foi realizada, na manhã desta quarta-feira, 28, na sede da Câmara Municipal de Aparecida de Goiânia, audiência pública com o tema “Liberdade de Locomoção de Pedestres no Anel Viário BR-060”. A proposta foi do vereador William Panda (PCdoB).

A audiência teve como objetivo tratar da instalação de muretas e ‘guard-rail’ ao longo do anel viário. Segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de transportes (DNIT), que contou com representantes no evento, o intuito é de evitar acidentes nos retornos clandestinos, porém tem deixado os moradores e pedestres ilhados, sem condições de atravessar a via diariamente de um lado para outro.

Panda ressalta a necessidade de abordar o tema uma vez que os moradores não foram consultados sobre as instalações, principalmente em frente a pontos de ônibus e comércios, sendo que não é possível implementar passarelas devido à linha de transmissão de energia existente ao longo da via.

“Quando fui procurado por comerciantes da região, me foi relatado as dificuldades de locomoção dos clientes, familiares e estudantes das escolas da proximidade. E minha expectativa com essa audiência é que, mesmo entendendo a importância das obras, que com certeza evitarão muitos óbitos, também seja mantida a segurança e o direito das pessoas que queiram atravessar pelos dois lados. Seja com sinaleiros, redutores de velocidade, faixas de pedestres elevadas, dentre outras medidas”, esclareceu o propositor.

“O anel viário tem uma importante função social para integrar o município e possui um trânsito grande, pesado e, por isso, a necessidade de fiscalização e dessas obras e medidas feitas pela DNIT, que demonstra a total preocupação do órgão em continuar reduzindo os acidentes. De tal forma, não sou contrário a isso, mas o que queremos são soluções que não impeçam a locomoção das famílias que moram na localidade”, concluiu William Panda.

Em nome do DNIT, o superintendente Regional do órgão em Goiás, Volnei Vieira de Freitas, falou sobre a elaboração do anel viário.

“A obra foi projetada durante mais de cinco anos e procurou uma solução que fosse a mais favorável possível e de maneira a evitar que os pedestres ficassem vulneráveis”, destacou Volnei.

Em seguida, o superintendente relatou que estão sendo feitas melhorias para aumentar a segurança da via, como aumento de sinalizações, redução da velocidade para 40KM/H em regiões de riscos e faixas ondulares, que diminui o fluxo para cerca de 20KM/H.

Sobre as barreiras, que têm impedido a locomoção dos pedestres, foi dito pelo superintendente que elas ocupam uma área de apenas 3KM, em um total de 12KM, e que também serão instaladas mais faixas de pedestres, além de faixas elevadas para a travessia.

Representando a Prefeitura, o Secretário Executivo de Mobilidade e Trânsito, Avelino Marinho, falou que nos próximos dias será assinado um termo de cooperação com a Polícia Rodoviária Federal, passando a fiscalização da via para a Prefeitura de Aparecida de Goiânia.

“Já estamos fazendo diversos estudos para encontrar formas de diminuir a velocidade em locais com maiores índices de acidentes e, assim que assinarmos o termo de cooperação, nos reuniremos com líderes de bairros e demais pessoas interessadas, para, após, decidirmos os locais que receberão redutores de velocidade. Nosso foco será favorecer o pedestre”, contou Avelino.

Departamento de Comunicação – Thaís Vaz

Deixe sua opinião

x

Veja também

23 mil brinquedos foram entregues para crianças carentes de Aparecida

Milhares de crianças foram beneficiadas neste sábado, 07, em 11 regiões da cidade  A Prefeitura ...

%d blogueiros gostam disto: