Home / Mundo / Brasil / Cidades / Alunos de escola municipal em Aparecida de Goiânia participam de palestra sobre prevenção a acidentes
Foto: Enio Medeiros

Alunos de escola municipal em Aparecida de Goiânia participam de palestra sobre prevenção a acidentes

Ensinamentos sobre prevenção e reações em situações de risco estão na proposta das palestras da Defesa Civil que servirão de piloto para outras unidades escolares do município

A retomada das atividades escolares na Escola Municipal Olentino Xavier da Costa (Av. Dr. Manso Pereira, Setor Serra Dourada III) ganhou um ingrediente adicional, além das obras de reconstrução do prédio escolar por decorrência da explosão ocorrida em junho. Na manhã desta terça-feira, 13, o superintendente municipal de Defesa Civil, Juliano Cardoso, e a agente de Defesa Civil, Marivânia Farias, fizeram uma série de palestras para crianças do agrupamento V, (Educação Infantil) ao 5° ano (Ensino Fundamental), tratando de temas voltados para prevenção de acidentes.

“O projeto Defesa Civil na Escola está presente nesta data a convite da direção para dar orientações e também para tranquilizar a comunidade escolar em relação à explosão ocorrida antes das férias. Com uma linguagem lúdica e educativa, estamos orientando o comportamento, esperado em situações de risco como a da explosão. Explicamos também às crianças sobre em quem elas devem confiar e a quem devem recorrer, em casos de situações de risco dentro e fora da escola”, destacou Juliano Cardoso. A sessão de palestras continuará no período vespertino, das 13h40 às 17h.

Na oportunidade, Juliano também revelou o interesse do município em ampliar a ação para outras escolas visando formar crianças e jovens mais engajados com a segurança. “O prefeito Gustavo Mendanha, a secretária Valéria Pettersen e nós, da Defesa Civil, vamos fazer dessa experiência de hoje uma rotina nas escolas, trabalhando a prevenção nos Cmeis e escolas do município. A criança educada hoje pode ser o adulto que evitará acidentes amanhã. Em cada escola, pretendemos também criar uma Brigada Escolar com dois ou três alunos por sala de aula e Agente de Defesa Mirim, que terá atuação em todo o município, com base em uma política prevencionista na vida das pessoas.

O estudante do terceiro ano, Pedro Henrique de Jesus Linhares, de 8 anos, destacou os novos conhecimentos que aprendeu na palestra e revelou uma experiência recente que teve em casa. “Aprendi que temos que chamar nossos responsáveis ou o Corpo de Bombeiros em situações de risco. Estes dias atrás mesmo, estávamos em casa quando o chuveiro pegou fogo e chamei meus pais, que apagaram o princípio de incêndio”.

A estudante do primeiro ano, Marcela Oliveira Lopes, também expressou sua opinião sobre o que teria absorvido durante as instruções repassadas pelos membros da Defesa Civil de Aparecida de Goiânia. “Entendi que devo me comportar no caso de um incêndio ou de um acidente mais grave, onde (sic) tenho que chamar um adulto ou procurar ligar para o Corpo de Bombeiros”.

Reconstrução

A Prefeitura de Aparecida assinou um contrato emergencial com a empresa PRS Projetos Representações e Serviços LTDA., que toca as obras de reconstrução das instalações explodidas no mês de julho. As aulas foram iniciadas no  dia 5 de agosto e vão seguir por uma semana a mais no Calendário Escolar de dezembro, para reposição das aulas sem que ocorra prejuízo aos 543 alunos da unidade escolar. A Semect estima que será gasto cerca de R$ 204 mil na obra, que tem previsão de término para última semana deste mês.

Fonte: Felipe Fulquim / Foto: Enio Medeiros

Deixe sua opinião

x

Veja também

Em Brasília, Gustavo Mendanha busca liberação de obras de novos CMEIs

O prefeito de Aparecida, Gustavo Mendanha, teve extensa agenda em Brasília nesta quarta-feira, 11, em ...

%d blogueiros gostam disto: