Home / Política / Acusações contra Rodrigo Maia é arquivada e grupo da Lava Jato de demite
Foto. Marcelo Camargo/Agência Brasil

Acusações contra Rodrigo Maia é arquivada e grupo da Lava Jato de demite

Um grupo de trabalho da Lava Jato na Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu demissão coletiva em protesto contra a procuradora-geral, Raquel Dodge.

A procuradora-geral teria pedido o arquivamento preliminar de trechos da delação premiada do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, que envolviam o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o ex-prefeito de Marília (SP), José Ticiano Dias Toffoli, irmão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo o jornal O Globo, o comportamento de Raquel Dodge causou indignação em seis procuradores que compõem o grupo de trabalho da Lava Jato na PGR, aquel Branquinho,Maria Clara Noleto, Luana Vargas, Hebert Mesquita, Victor Riccely e Alessandro Oliveira.

Léo Pinheiro diz ter feito doações oficiais e repasses via caixa dois para o presidente da Câmara dos Deputados, em troca da defesa dos interesses da OAS no Congresso.

Ele também afirma que o ex-prefeito de Marília, irmão do ministro José Antonio Dias Toffoli, recebeu caixa dois e propina em troca de vantagens.

Prime Gospel Notícias

Deixe sua opinião

x

Veja também

Deputado Eduardo Prado solicita investigação das empresas de ônibus

O Deputado Estadual Delegado Eduardo Prado encaminhou ontem, 12, ofício direcionado ao delegado da Delegacia ...

%d blogueiros gostam disto: