Home / Esporte / Goiás é tetracampeão estadual!
Foto. Vitor Monteiro/Esporte Goiano.

Goiás é tetracampeão estadual!

O Goiás bateu a Aparecidense por 3 x 1, agora a pouco e se sagrou tetracampeão estadual (2015-2018). Em um jogo marcado pela forte chuva, que obrigou suspensão da partida por mais de quarenta minutos, o time Esmeraldino foi mais competente e marcou logo no início com Breno e completou no segundo tempo com Tiago Luiz e Júnior Viçosa. A Aparecidense lutou. Marcou um gol mesmo quando estava com dois jogadores a menos em campo. Teve chances de gols mas não as aproveitouFinal: Goiás 3 x 1. Tetracampeão Goiano. O único time goiano a se sagrar tetracampeão por duas vezes (1996-2000 e 2015-2018). 28º título estadual do Esmeraldino que se mantém soberano no Estado. Pesou a camisa e a tradição do Maior do Centro-Oeste.

O JOGO:

O Goiás começou avassalador. Aos 56 segundos, em jogada pela direita, Carlos Eduardo recebeu de Caique Sá, passou pelo lateral esquerdo com um belo drible, chegando livre na linha de fundo para cruzar na medida para Breno na área. O lateral esquerdo subiu mais que Rafael Cruz e mandou de cabeça para o fundo do gol e abrir o placar no Serra.

A chuva aumentou durante a partida e o gramado do Serra Dourada já não conseguia mais drenar a grande quantidade de água que caía, prejudicando muito o jogo, pois era impossível que a bola rolasse livremente. O árbitro Eduardo Tomaz decidiu suspender a partida aos 14 minutos e o jogo ficou parado por mais de 45 minutos, inclusive com as equipes voltando ao vestiário para se manterem aquecidas. Enquanto isso, funcionários tentavam tirar manualmente um pouco da água acumulada, utilizando rodos.

O jogo foi reiniciado, mas o estado do gramado obrigava os atletas a criarem alternativas para fazer a bola rolar. A partida ficou perigosa e marcada pelos lançamentos, pelas bolas alçadas na área e por muitas faltas. Aos 18 minutos, após cruzamento de Maranhão, Mirita tenta interceptar o cruzamento e manda contra o próprio travessão. A bola voltou para a área e sobrou para Carlos Eduardo que de primeira mandou para fora. Em desvantagem no placar a Aparecidense foi para o ataque. Aos 24 minutos, Alex Henrique faz boa jogada e chuta. A bola foi desviada e sobrou para Gilvan, bateu mas parou na ótima defesa de Marcelo Rangel.

No segundo tempo, logo aos 06 minutos a Aparecidense ficou com um jogador a menos. Uéderson tentou parar jogada de contra-ataque do Goiás, com um carrinho e fez falta dura. Como já tinha cartão, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Sentindo o momento do jogo, o Goiás foi pra cima. Aos 32, Júnior Viçosa recebeu pela direita, foi a linha de fundo e cruzou para Tiago Luiz dentro da área marcar o segundo gol do Goiás. 2 x 0. No lance, o goleiro Buzato acertou o meia esmeraldino e foi expulso.

Mas mesmo com dois jogadores a menos, a Aparecidense ainda chegou ao gol. Aos 41, Madison derrubou Alex Henrique na área e a arbitragem assinalou a penalidade. Na cobrança, o próprio Alex bateu e diminuiu para os visitantes. Na sequência, quase que Washington empata após receber de Alex Henrique na entrada da área. A bola passou perto do gol.

O Goiás sentido que não podia relaxar, voltou a buscar o jogo e chegou ao terceiro com Júnior Viçosa. Caique Sá bateu para o gol e o goleiro rebateu para o meio da pequena área. O atacante aproveitou rebote e marcou o terceiro do Verdão. Fim de jogo: 3 x 1 para o Goiás. Comemoração no Serra Dourada! O Verdão é Tetra!!! A Torcida faz a festa no Serra! As fotos a seguir, foram enviadas por torcedores:

FICHA TÉCNICA: GOIÁS 3 x 1 APARECIDENSE

Local: Estádio Serra Dourada. 08/04/2018. 16h00.

Público pagante: 19.880. Renda: R$ 404.285,00.

Gols: Breno ao 1º minuto do primeiro tempo, Tiago Luiz aos 32 e Júnior Viçosa aos 49 do segundo tempo, para o Goiás. Alex Henrique aos 41 do segundo tempo, para a Aparecidense.

Arbitragem: Eduardo Tomaz, auxiliado por Fabricio Vilarinho e Leone Carvalho, todos goianos.

Cartões amarelos: Rangel, Caique Sá, Madison, Giovanni, Júnior Viçosa, Léo Sena, Tiago Luiz e Rafinha para o Goiás. Tiago Carvalho, Thiago Ulisses, Uederson e Nonato, para a Aparecidense.

 

Cartões vermelhos: Uéderson e Busatto, para a Aparecidense.

GOIÁS: Marcelo Rangel; Alex Silva, David Duarte, Eduardo Brock e Breno; Madison, Léo Sena e Giovanni (Tiago Luiz (Pedro Bambu); Carlos Eduardo, Júnior Viçosa e Maranhão. Técnico: Hélio dos Anjos.

APARECIDENSE: Busatto; Rafael Cruz, Mirita, Thiago Carvalho e Gleidson; Thiago Ulisses, Araújo (Gilvan), Washington e Uederson; Alex Henrique e Nonato (Pedro Henrique). Técnico: Márcio Azevedo.

Esmeraldino.com

Deixe sua opinião

x

Veja também

Plano de retomada do Futebol: Governo do RJ prevê 50% de capacidade em estádios e distância de 2m entre torcedores

Lotação máxima de 50% da capacidade total dos estádios e distância mínima de 2 metros ...

%d blogueiros gostam disto: